Fabiano Horta se reúne com chefe da Polícia Civil no Rio para pedir rapidez nas investigações da chacina de Itaipuaçu

O prefeito Fabiano Horta se reuniu nesta quarta-feira (28/03) com o chefe da Polícia Civil no Estado do Rio, Delegado Rivaldo Barbosa, a convite da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB), para pedir celeridade nos esclarecimentos sobre a chacina de cinco jovens mortos brutalmente, no último domingo (25/03), no residencial Carlos Marighela, condomínio do Minha Casa, Minha Vida de Itaipuaçu. A titular da Divisão de Homicídios de São Gonçalo e Niterói, delegada Bárbara Lomba, responsável pela investigação, também participou.

“Levamos a cobrança efetiva para esclarecer a chacina dos cinco jovens em Maricá. Deixamos clara a urgência necessária para que os criminosos não fiquem impunes. A prisão deles é a única resposta aceitável à memória desses jovens, da família e de toda cidade”, afirma Fabiano.

O convite para a reunião com o chefe da Polícia Civil foi feito pela deputada Jandira ao prefeito, a pedido de membros do PCdoB de Maricá.

“Vamos continuar cobrando e monitorando para que esse prazo seja o mais curto possível. Vamos seguir tendo encontros com a chefia da Polícia Civil para que possamos ter uma elucidação. Colocamos o caso de Maricá como algo necessário de elucidação, já que foi algo que nos choca muito e também a cidade”, afirma Jandira.

O encontro teve a participação de uma comissão de deputados federais composta ainda por Wadih Damous (PT), Glauber Braga (PSOL) e Alessandro Molon (PSB). A comissão acompanha os atos da intervenção federal no Rio e também as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco.

 

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.