Fabiano Novaes toma posse na Câmara de Maricá

O vereador Fabiano Novaes (DEM) tomou posse na sessão dessa segunda-feira (09). Ele é o segundo suplente de seu partido a tomar posse. Seu mandato será até o final de 2020.

Em discurso, o novo vereador explanou como será seu mandato. “Esse mandato aqui não ficará restrito ao meu gabinete. Esse será um mandato popular, de diálogo. A experiência que adquiri na PM me ajudará na mediação de conflitos, trazer integração e buscar a união. Esse é um momento que precisamos ter sensatez e união. O melhor é unir para buscar soluções”, disse.

Ele citou a farda (já que é cabo da Polícia Militar) e se colocou ao lado dos colegas policiais, agora na função de parlamentar. “Os agentes que aqui estão sofrem diariamente com o problema da violência. Enquanto a sociedade dorme, eles estão lá, acordados, colocando a vida em risco para nos proteger. Não saio da luta, trago a luta para a Câmara. Tudo o que eu puder fazer para melhorar a segurança da nossa cidade e dar qualidade de vida para a nossa população, farei”, adiantou.

Novaes se dirigiu, também, ao colega Rony Peterson (PL), que é do mesmo bairro, São José do Imbassaí. “Estou a disposição para lutarmos juntos pelo nosso bairro”, citou.

Ele assume a vaga de Ismael Breve (DEM), assassinado no último dia 22/08. Fabiano Novaes abriu seu discurso comentando a situação que lhe deu o mandato como vereador efetivo de Maricá. “Não foi a maneira que esperávamos sentar nessa cadeira. A violência que assola a cidade me deixa preocupado, sobretudo por conta das circunstâncias em que perdemos o nosso amigo. Nosso lar deve ser nosso porto seguro, e quando acontece algo como a morte do Ismael nos deixa muito triste”, discursou.

Novaes comentou a segurança pública na cidade. “Esses não são fatos isolados em Maricá. Sofremos com a violência apesar do empenho da Polícia Militar. Com o desenvolvimento da nossa cidade, as pessoas vem de fora e acabam vindo também os marginais das cidades vizinhas, e nós acabamos sofrendo muito com essa condição”, disse.

Notícias Relacionadas