Fernando Haddad é o candidato à Presidência da República pelo PT com apoio de Lula

Em reunião fechada em Curitiba, membros da Executiva Nacional do PT aprovaram por unanimidade, no início da tarde desta terça-feira (11/9), Fernando Haddad como novo candidato do partido à presidência da República, após a impugnação de Lula pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão já havia sido tomada por Lula, que submeteu a decisão oficial para a Executiva por meio de uma carta em que indicava a chapa Haddad.

O ex-prefeito de São Paulo, que até então era candidato a vice do ex-presidente, teve seu nome lançado oficialmente em ato na capital paranaense, com Manuela Dávila, do PCdoB, como vice. Lideranças petistas estarão em peso na cidade, onde Lula é mantido como preso político na sede da Polícia Federal desde 7 de abril.

Nas redes sociais, militantes petistas têm usado as expressões “somos todos 13 de Lula” e “Lula é Haddad e Manu 13”, para consolidar a nova chapa. “Haddad acaba de ler a carta do Lula na reunião da Executiva Nacional do PT”, relatou o deputado José Guimarães (PT-CE) no Twitter, sobre a reunião da Executiva.

O prefeito de Maricá/RJ, Fabiano Horta (PT), usou as redes sociais para manifestar o apoio a Haddad. “Haddad é Lula! Lula somos nós!”, escreveu.

O presidente regional do Partido dos Trabalhadores e candidato a deputado federal, Washington Quaquá, também usou as redes para falar sobre a candidatura de Haddad. “Perseguiram e impediram o Lula, agora seu candidato vai ganhar a liderança já na próxima semana e Lula vencerá de novo!”, disse Quaquá.

 

Notícias Relacionadas