Flamengo bate o Vasco e vai com vantagem para segundo jogo da final do Cariocão 2019

Foto: Alexandre Vidal / Divulgação CRF

Foto: Alexandre Vidal / Divulgação CRF

Deu Flamengo no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca; o rubro-negro bateu o Vasco por 2×0, gols de Bruno Henrique. A partida, que aconteceu no Estádio Nilton Santos, poderia ter um placar mais elástico, se não fosse o árbitro de vídeo (VAR) e o goleiro vascaíno Fernando Miguel. Com a vitória, o clube da Gávea vai para o segundo jogo da decisão, no próximo domingo, no Maracanã, com uma boa vantagem. 

O Flamengo, que tem um dos principais elencos do país, dominou a partida desde o início do primeiro tempo. O time teve mais posse de bola e mais chances de gol do que o rival, apesar da primeira chance ter sido vascaína (e do jogo ter sido parelho, principalmente no primeiro tempo); Marrony fez boa jogada pela esquerda e tocou em Pikachu. O camisa 22 deu de primeira em Bruno César, que devolveu para ele bater com perigo por cima do gol.

A primeira chegada mais perigosa do Flamengo foi com Gabigol aos 10 minutos. Após receber bom passe de Everton Ribeiro, o artilheiro bateu cruzado, mas ninguém apareceu pra completar. Aos 18, Marrony fez fila pela esquerda e só foi parado com falta. Danilo botou na área, mas a defesa afastou. No lance seguinte, resposta rubro-negra, de novo com Gabigol. Aos 19 minutos, ele chutou de fora da área e a bola passou perto do gol de Fernando Miguel.

Aos 26, Marrony arrancou novamente pela esquerda e foi parado com falta. Bruno César cobrou, a zaga afastou e Danilo Barcelos pegou o rebote de primeira, mas ela explodiu na defesa. Três minutos mais tarde, Arão cruzou na área e a bola passou com muito perigo por toda a defesa vascaína.

Na sequência do lance, Maxi recebeu lançamento, dominou e tocou em profundidade para Danilo Barcelos, que cruzou buscando Marrony, mas a zaga afastou. Aos 42, Marrony desviou de cabeça e Maxi López saiu em condição de marcar, mas acabou travado na hora do chute. A última boa chance de gol da primeira etapa foi flamenguista. Nos acréscimos, Everton Ribeiro acertou uma bomba de fora da área e Fernando Miguel fez grande defesa, colocando para escanteio.

No segundo tempo, o domínio continuou com o Flamengo. Logo no início, Renê cruzou e Gabigol quase marcou de cabeça. Em seguida, foi Rodrigo Caio que quase marcou de cabeça após escanteio cobrado por Everton Ribeiro. Aos 5, resposta do Vasco: Danilo fez boa jogada pela esquerda e cruzou, Marrony desviou e parou no travessão. Quatro minutos mais tarde, o Rubro-Negro foi recompensado pela pressão. Após confusão na área, Bruno Henrique, o “mister clássico”, empurrou para as redes: 1×0.

Com a desvantagem, o Gigante da Colina foi pra cima; aos 13, Lucas Santos lançou Pikachu na área, que girou e tentou de canhota, mas a defesa mandou para escanteio. Já aos 18, Pikachu lançou Maxi López pela esquerda. O atacante deixou a bola quicar e pegou de primeira, mandando na rede pelo lado de fora. 

Aos 22 minutos, Bruno Henrique ampliou para o Flamengo, mas o árbitro, após intervenção do VAR, anulou o segundo gol, pois considerou que o atacante estava em posição irregular. A partir daí, o time da Gávea passou a controlar a partida até encontrar o segundo tento aos 32, novamente com Bruno Henrique.

O Flamengo só volta a jogar no domingo, às 16h (dessa vez no Maracanã) pelo segundo jogo da final do Campeonato Carioca. Já o próximo compromisso do Vasco será nesta quarta-feira (17/4) pela Copa do Brasil, dessa vez contra o Santos, na Vila Belmiro. A bola rola às 19h15 pela partida de ida da quarta fase do torneio.

Notícias Relacionadas