Força Nacional se apresenta para reforçar o patrulhamento em São Gonçalo

Cerca de 40 militares da Força Nacional de Segurança se apresentaram, no fim da manhã desta segunda-feira (17), no 7º Batalhão da Polícia Militar para receberem as primeiras instruções com objetivo de reforçar o patrulhamento na cidade de São Gonçalo. Um dos principais intuitos da chegada desse reforço é intensificar o patrulhamento nas principais entradas da cidade às margens da Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), onde a incidência das ocorrências de roubos de cargas vem alarmando as autoridades. Os sucessivos ataques de quadrilhas especializadas em roubos de mercadorias já haviam acarretado o envio de reforço de patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal para a região.

De acordo com o comandante do 7º BPM, coronel Ruy França, os agentes da Força Nacional desenvolverão ações conjuntas com policiais do batalhão, aumentando a sensação de segurança para motoristas e transeuntes. O gradativo reforço de contingente para patrulhamento nas ruas e comunidades de São Gonçalo está ocorrendo há menos de um mês após a Operação Calabar, da Polícia Civil, que resultou na prisão de 96 PMs, 41 lotados no 7º BPM, acusados de envolvimento num grande esquema de propina. A chegada de reforços, sejam eles da Força Nacional ou de batalhões especializados designados para a cidade, também vêm ao encontro do esforço para resgatar a credibilidade da unidade no combate ao crime.

O batalhão, com a chegada dos reforços, prioriza assim as ações preventivas na cidade, aumentando ainda o trabalho ostensivo e a presença policial nas ruas. Através do trabalho e dos resultados positivos obtidos no combate a escalada da violência, a confiança será restabelecida. Homens da Força Nacional haviam sido deslocados anteriormente para reforçarem o policiamento no Rio, nas imediações do Complexo da Pedreira (Favela do Chapadão), para onde criminosos levavam cargas roubadas na Zona Norte do Estado.

Notícias Relacionadas