Funcionários de hospital em Saquarema protestam por falta de salário

Funcionários dos hospitais estaduais dos Lagos, em Saquarema, e Roberto Chabo, em Araruama, realizaram nesta sexta-feira (10) protestos nas unidades por conta da falta de pagamento de salários. De acordo com o depoimento dos profissionais, o pagamento referente a maio (creditado em junho) não foi pago e, ao que tudo indica, também não receberão o salário de junho (creditado em julho).

“Nós, funcionários do Hospital Estadual dos Lagos, pedimos socorro a vocês! Não recebemos o pagamento do mês de junho e, ao que parece, não iremos receber em julho também”, disse uma funcionária da unidade.

Vale lembrar que, no início da semana, a Secretaria de Estado de Saúde divulgou que faria, entre quarta (08) e quinta (09), o repasse de recursos a diversas OS’s que operam aparelhos no estado, inclusive a OS Cruz Vermelha Brasileira, que gere as duas unidades. De acordo com o Governo do Estado, foi repassado R$ 8,2 milhões para o Complexo Lagos, que reúne os dois hospitais.

Apesar da falta de salários, os funcionários do hospital em Saquarema disse que não vão interromper os atendimentos. “Fizemos um juramento e sempre iremos prestar os cuidados a todos que precisam, mas não pode o Estado se aproveitar disso para não nos pagar o que é devido. Temos família e contas para pagar”, contou.

“Triste ver a realidade do nosso país, em meio a essa pandemia, e nós que estamos na linha de frente, não temos o mínimo, que é o salário! Nos ajudem”, pediu a profissional.

Procurada, a Secretaria de Estado de Saúde informou que um problema de cálculo financeiro impediu o repasse de verba para o Complexo Lagos, administrado pela organização social Cruz Vermelha Brasileira. “A SES trabalha para resolver o problema, de forma que o pagamento possa ser liberado até o início da próxima semana”, diz a nota.

A reportagem não conseguiu contato com a OS Cruz Vermelha Brasileira.

*com informações da Saquarema da Depressão

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.