Rio de Janeiro,

segunda-feira, setembro 20, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Governador entrega R$2,3 mi para desenvolvimento de soro para tratar a Covid-19

Mais lidas

O Instituto Vital Brazil participou, nesta quinta-feira (4) do evento oficial da outorga de incentivo à pesquisa científica para o tratamento de pessoas contaminadas pela Covid-19. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) está destinando R$ 2,3 milhões para o Instituto Vital Brazil (IVB) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para que cientistas dessas duas instituições avancem no desenvolvimento de um soro equino que promete ser capaz de criar anticorpos mais poderosos no organismo humano, ajudando na recuperação de pacientes infectados.

O governador em exercício Cláudio Castro esteve no evento que marcou a entrega do recurso, no Palácio Guanabara. A medida é uma iniciativa do Governo do Estado para apoiar cientistas do Rio no enfrentamento à pandemia. Desde o ano passado, mais de R$ 35 milhões foram repassados pela Faperj especificamente para pesquisas relacionadas à Covid-19.

“Há esforços científicos sendo realizados por todo o mundo, e o estado do Rio de Janeiro não poderia ficar de fora. Aqui temos instituições de peso que unem conhecimento e ciência. Estamos falando de um vírus que já matou quase 230 mil brasileiros, temos que reunir forças para acabar com essa pandemia, precisamos apoiar os cientistas”, ressaltou o governador em exercício.

O presidente do Instituto Vital Brazil, Átila de Castro, destacou o pioneirismo da pesquisa.

“Este estudo marca o início da pesquisa de soros no Brasil e talvez no mundo. Ele é originário do Instituto Vital Brazil. Com isso, nós temos todo o processo da cadeia produtiva. Temos condições de fazer tudo nas nossas fazendas, na produção do soro dos cavalos. Neste sentido, nossa produção será totalmente fechada dentro do parque tecnológico do Instituto”, afirmou.

spot_img
spot_img

Últimas noticias