Grupo musical de Itaipuaçu homenageia 105 anos de Raul de Barros

Foto: Divulgação / Coletivo Instrumental de Itaipuaçu

Raul de Barros, esteja onde estiver, deve estar feliz com a homenagem do Coletivo Instrumental de Itaipuaçu. O grupo, que tem 10 anos de existência e e toca diversos estilos musicais, homenageou os 105 anos de um dos grandes trombonistas brasileiros. Raul escolheu Maricá como cidade para sua última e eterna morada, já que morava aqui antes de falecer, em 2009, e está sepultado no Cemitério Municipal Campo Santo – Cônego Batalha.

O coletivo é formado pelos músicos Mauricio Silva (fundador, clarinetista e diretor artístico), Felipe Braz (flautista), Everton Machado (trompetista, compositor e maestro), Misael Oliveira (trombonista), Francisco Nilson (contrabaixista), Leanderson Mourão (percussionista), Vinícius Benevides (violoncelo), Soraya Vieira (violino), Matheus Batista (viola) e Geisa Silva (produtora executiva).

“A homenagem a Raul de Barros foi mais que merecida e uma honra para nós que pretendemos levar o nome dele na criação desta nova orquestra em 2021. Este trabalho foi uma parceria junto com a Secretaria de Cultura de Maricá e seu secretário Sady Bianchin que tem desenvolvido um excelente trabalho e nos dado a oportunidade de sermos ouvidos e crescermos. Por isso somos gratos por esta oportunidade de lembrar deste grande músico que escolheu Maricá para como seu lugar! Esperamos continuar honrando seu legado através do nosso trabalho”, contaram os membros do coletivo.

Mas se engana quem pensa que o grupo só toca chorinho, ritmo que imortalizou Raul. “Somos um grupo eclético e por isso trabalhamos com diversas influências musicais, indo da música clássica a contemporânea, do forró ao choro e do jazz ao klezmer, mas sempre com a roupagem sinfônica que é nossa marca”, disse Maurício, que é um dos fundadores do coletivo.

No momento, o Coletivo Instrumental de Itaipuaçu não está recrutando novos membros, sobretudo por conta da preparação para o reinício das atividades e por conta da pandemia do novo Coronavírus, que proíbe maiores aglomerações. “No entanto, visamos audições para preenchimento de vagas para ano que vem”, disse Maurício. Quem quiser pode obter informações através do e-mail [email protected]

Confira a homenagem feita pelos 105 anos de Raul de Barros:

Notícias Relacionadas