Rio de Janeiro,

terça-feira, junho 15, 2021
spot_img

Leia a nossa última edição #37

Homem é preso na RJ-124 transportando droga para a Região dos Lagos; PF também faz apreensão

Mais lidas

- Advertisement -

Foto: Divulgação

Foi preso no fim da noite deste domingo (22/07), por policiais do Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) na RJ-124, André Felipe Conceição Pereira, de 26 anos, acusado de tráfico de drogas. André estava com mais de 14 kg de maconha e cinco quilos de cocaína. O acusado, que é morador de São Gonçalo, disse que foi contratado para levar a droga desde o município onde mora até a cidade de Araruama, na Região dos Lagos.

O homem, que é motorista de aplicativo, se assustou com a presença da PM na via e freou bruscamente. Ao perceber o ocorrido, os agentes abordaram o suspeito. Durante a revista no veículo, os PMs localizaram a droga. Ao todo, eram sete mil pinos de cocaína, que somavam 5,1 kg, e 7,9 mil tabletes de maconha, totalizando 14,6 kg do material (foto).

André contou aos policiais que ele iria receber R$ 500 pelo serviço de transporte. O acusado, porém, não disse quem foi o responsável pela sua contratação. Ele foi levado para a 119ªDP (Rio Bonito), onde foi autuado por tráfico de drogas.

PF FAZ APREENSÃO NA BAIA DE GUANABARA

Na madrugada de domingo (22/07), a Polícia Federal prendeu em flagrante 3 homens que transportavam 336 Kg de cocaína em um barco pesqueiro na Baía de Guanabara, próximo à Niterói. A ação contou com o apoio da Marinha do Brasil.                            

A droga havia sido escondida atrás de uma parede falsa no porão do barco, que também estava repleto de gelo para dificultar a localização da cocaína. Os policiais federais removeram o gelo e encontraram a droga acondicionada em 12 bolsas que, suspeita-se, seriam içadas e colocadas no interior de um conteiner em um navio com destino à Europa.

Os presos foram indiciados pela PF por tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico cujas penas somadas podem chegar a 35 anos de reclusão e, após os procedimentos de praxe, foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

- Advertisement -
spot_img

Últimas noticias

- Advertisement -