Hospital Conde Modesto ganha nova farmácia e enfermaria com novos leitos

O Hospital Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, ganhou novas instalações e equipamentos. As entregas foram feitas pelo prefeito Fabiano Horta e a Secretária de Saúde, Simone Costa Silva, nesta sexta-feira (25). 

De acordo com a prefeitura as aquisições foram feitas com recursos próprios provenientes dos royalties. Foram entregues uma farmácia informatizada e já abastecida com todos os medicamentos necessários para o atendimento na urgência, uma enfermaria de estabilização climatizada para pacientes em observação por até 24 horas, com cinco leitos inclináveis e dois banheiros adaptados. Dentro dessa sala, estão disponíveis um novo aparelho de ultrassonografia para uso diário das 8h às 20h, dez respiradores mecânicos de última geração (para ajudar a melhor a respiração do paciente), cardioversor (usado em caso de parada cardiorrespiratória), desfibrilador adulto e infantil, 10 aparelhos de oximetria digital (indicado para monitorar os níveis de saturação de oxigênio no sangue) e oito aparelhos de CPAP (Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas).

Na solenidade, também foi apresentada a planta da futura maternidade que irá funcionar na unidade quando o Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara for inaugurado. Ao todo, serão três enfermarias com 30 leitos, dois centros cirúrgicos, UTI neonatal com 10 leitos, sala de pré-parto e fisioterapia.

O prefeito Fabiano Horta ressaltou que o hospital é uma grande referência para a história do município. “Hoje estamos entregando uma enfermaria remodelada e equipamentos de última geração para melhor atender à população. Mas, mais do que isso, temos que valorizar essa unidade seja do ponto de vista físico quanto ao que ser refere aos profissionais”, declarou. Para o prefeito, é um desafio constante oferecer um bom atendimento de urgência na cidade. “Hoje, 40% dos atendimentos realizados no Conde são de moradores de outros municípios que enxergam nessa unidade um serviço de referência. Queremos melhorar ainda mais sua estrutura e fornecer novas aparelhagens que possam atender às necessidades da população”, acrescentou.

A secretária municipal de Saúde, Simone Costa, explicou que a remodelação da sala de estabilização e da nova farmácia está de acordo com as normativas de adequação exigidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). “Nosso objetivo é oferecer um ambiente acolhedor e humanizado que traga mais dignidade para a equipe, mas, principalmente para os pacientes que chegam à emergência. Nossos profissionais receberam capacitação para operar os novos aparelhos e garantir o melhor atendimento para a população com o propósito maior de salvar vidas”, frisou a secretária.

A coordenadora da fisioterapia da unidade, Magali Clara da Rosa, apresentou o funcionamento do ventilador pulmonar eletrônico Leistung I Luft 3,  com  tela touchscreen e  controle por microprocessador, que permite o monitoramento da condição respiratória de pacientes. “Esse aparelho é o que tem de mais moderno nas unidades de saúde. São os mesmo utilizados em hospitais da Rede D´Or, por exemplo”, destacou a profissional.

Referente à nova farmácia, a secretária afirmou que possui toda medicação necessária para o atendimento da emergência, como antibióticos de primeira e segunda linha, assim como medicamentos caros, como, por exemplo, o antitrombótico, Altepase, que somente um frasco custa em torno de R$ 2.800, sendo necessário, no mínimo dois frascos por tratamento. Para o coordenador da farmácia do hospital, Roberto Azevedo, o novo ambiente facilita a dinâmica de trabalho. “Agora, o sistema está totalmente informatizado. Então, conseguimos ter o controle total do estoque e pedir com antecedência para evitar que a urgência fique desabastecida”, destacou o coordenador.

O prefeito Fabiano Horta estava acompanhado da primeira-dama Rosana Horta, do secretário de Governo e Obras, Renato Machado, da deputada estadual Rosângela Zeidan, secretários e vereadores.

 

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.