Inea realiza intervenção no canal de Ponta Negra

Equipes da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) iniciaram na segunda-feira (18/09) o desassoreamento e limpeza do canal de Ponta Negra, em Maricá. A medida irá facilitar o deslocamento de embarcações no local e diminuir o risco a banhistas por do excesso de pedras.

A retirada de rochas é uma reivindicação antiga dos pescadores da região, que acumulam prejuízos por muitas vezes não conseguirem atravessar o canal com suas embarcações. Além disso, os barcos frequentemente são danificados pelo acúmulo de pedras.

“Vemos com frequência pescadores reclamarem de terem os motores danificados e perdidos por causa das pedras. Agradecemos aos pescadores pela mobilização e todos que não mediram esforços para ver esse trabalho sair do papel, ao deputado estadual André Correa que formalizou nossa solicitação permitindo o início dos trabalhos das equipes do Inea e Secretaria do Ambiente”, afirma Marcelo Delaroli, que acompanhou a ação.

De acordo com o deputado, o trabalho das máquinas na remoção das pedras também vai beneficiar a população local e visitantes, pois Ponta Negra é uma das regiões mais bonitas e frequentadas em Maricá.

“Estamos trabalhando para melhorar a vida da população de Ponta Negra, um dos lugares mais bonitos da nossa cidade, e também do maricaense como um todo. O desassoreamento do canal é um trabalho difícil, por causa das marés, grandioso, mas que vai trazer grandes benefícios para os pescadores, e permitir também um banho de mar mais tranquilo, sem tantos obstáculos para as famílias”, conclui Marcelo Delaroli.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.