Iniciada a corrida eleitoral. Maricá tem 8 nomes na disputa de 2018

Iniciada a corrida eleitoral de 2018. Em 7 de outubro milhões de brasileiros e cerca de 105 mil eleitores maricaenses irão às urnas escolher o novo Presidente da República, Senadores, Governadores, Deputados Federais e Estaduais. Essa promete ser uma das mais disputadas. Nenhum analista político arrisca um palpite.

Ao todo, 13 candidatos disputam a presidência: Lula (PT), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), Jair Bolsonaro (PSL), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), João Amoedo (Novo), Álvaro Dias (Pode), Henrique Meirelles (MDB), João Goulart Filho (PPL), Cabo Daciolo (Patriotas), Eymael (PSDC) e Vera (PSTU).

Já para a disputa ao Governo do Estado, 12 candidatos foram registrados no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). São eles: Anthony Garotinho (PRP), Eduardo Paes (DEM), Romário Faria (Pode), Índio da Costa (PSD), Pedro Fernandes (PDT), Márcia Tiburi (PT), Tarcísio Mota (PSOL), Wilson Witzel (PSC), Marcelo Trindade (Novo), Luiz Eugênio (PCO), Dayse Oliveira (PSTU) e André Monteiro (PRTB). Maricá tem ainda o deputado federal Marcelo Delaroli (PR) como candidato a vice-governador na chapa do senador Romário.

Em Maricá, vários nomes vão disputar uma vaga. O ex-prefeito Washington Quaquá (PT), Ricardinho Netuno (PEN) e Glauce Fernandes (PSC) são candidatos a deputado federal. Já a deputada estadual Rosângela Zeidan (PT) disputa a reeleição em confronto direto com outros nomes como os vereadores Dr. Felipe Auni (PSD) e Filippe Poubel (PSL) e o professor Gilson Paixão (PRTB). O ex-deputado Hélcio Ângelo (PTC) e o vereador Chiquinho (PP) informaram  que iam concorrer, porém o site do TRE ainda não traz o registro de suas candidaturas.

Ao todo, o TER/RJ recebeu 3.470 pedidos de registro de candidatura. Além dos 12 pedidos de registro de candidaturas para governador, foram 15 para senador, 1.095 para deputado federal e 2.306 para deputado estadual.

O prazo para os partidos políticos darem entrada nos pedidos de candidatura se encerrou nesta quarta-feira (15), às 19h. No entanto, o candidato escolhido em convenção que porventura não teve o registro apresentado por sua agremiação poderá requerê-lo diretamente ao TRE-RJ. O prazo é de dois dias, contados a partir da publicação do edital com a lista de todos os pedidos.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.