spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #70

spot_img
spot_imgspot_img

Inoã e Ponta Negra têm mutirão integrado de combate à dengue neste sábado, 02

spot_imgspot_img

Mais lidas

A Secretaria de Saúde de Maricá, realiza neste sábado, 02, mais um mutirão integrado de enfrentamento à dengue, que percorrerá diversas áreas dos distritos de Inoã e de Ponta Negra. A ação de conscientização da população e vistoria dos focos do mosquito Aedes aegypti acontecerá, simultaneamente, na região central de Inoã, em ruas próximas à Escola Municipalizada do bairro e à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no centro de Ponta Negra, no Espraiado e em Manuel Ribeiro. As atividades foram planejadas para localidades com elevado número de casos notificados ou com possíveis focos.

Durante a mobilização, os agentes de combate às endemias orientarão os moradores sobre medidas que evitam o desenvolvimento do mosquito, visitarão residências e abordarão a importância de denunciar focos pela Central 156 para averiguação. Também serão recolhidos lixos, entulhos e outros materiais em áreas públicas, além de mapeadas áreas públicas com focos, tendo o apoio da autarquia Serviços de Obras de Maricá (Somar), do Centro de Operações de Maricá (Comar), da Companhia de Saneamento de Maricá (Sanemar), e das secretarias de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Integrado (Seop) e de Proteção e Defesa Civil.

Maricá faz mutirões contra a dengue por toda a cidade/Foto: Juliana Noronha – Prefeitura de Maricá

Em outra frente, os agentes de combate às endemias em conjunto aos agentes comunitários de saúde farão uma ação de distribuição de panfletos, que ocorrerá em áreas estratégicas e de elevada circulação de pessoas. Essa dinâmica será realizada nos centros comerciais de Inoã e Ponta Negra, contando com a entrega de materiais impressos que terão orientações preventivas sobre a dengue e um checklist de ações diárias para eliminar os focos.

Outras atividades de mobilização continuam

Os agentes de combate às endemias estão diariamente dedicados à conscientização dos moradores e no enfrentamento aos focos do Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, zika e chikungunya. Eles realizam visitas às residências, compartilham orientações preventivas e podem ser identificados por usar camisa ou colete com o nome da função. É importante lembrar que é necessário denunciar possíveis focos através da Central 156, onde a demanda será oficializada, averiguada e o espaço será verificado, se necessário.

A Defesa Civil também está dedicada a orientar os moradores, por meio do envio de mensagens por SMS e WhatsApp para alertar sobre a dengue e disponibilizando um carro de som para entoar indicações preventivas. Além disso, os educadores sanitários da Sanemar estão empenhados na conscientização dos moradores em suas regiões de atuação e a Somar realiza o recolhimento de resíduos inservíveis por agendamento no número 0800 2020 053.

Os polos exclusivos de atendimento à dengue contribuirão para otimizar o fluxo de atendimentos à doença, oferecendo o acolhimento e tratamento necessários. A tenda de hidratação do Centro começa a funcionar neste sábado, 02 na Rua Álvares de Castro, 337, em frente à sede da Prefeitura, com atendimento todos os dias, das 8h às 20h. O polo de Itaipuaçu será aberto na segunda-feira, 04, e atenderá nos mesmos dias e horário na Rua Van Lerbergue (antiga Rua 34), esquina com a Rua Elisa Vieira Veras (antiga Rua 52), no Jardim Atlântico.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img