ISP aponta crescimento nos casos de estelionato em Maricá

Os dados de incidências criminais divulgados pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP-RJ) apontam crescimento em três indicadores de violência: furto de veículos, estelionato e roubo a residência. De acordo com o delegado da 82ªDP (Maricá), Júlio Cesar Mulatinho, os casos de estelionato praticados em Maricá tem como principais vítimas os idosos.

Ainda sobre os dados, foi registrado queda nos seguintes indicadores: roubo a estabelecimento comercial, roubo a transeunte e roubo a veículos.

Referente a elevação dos casos, o comparativo foi feito levando em consideração o período de janeiro a agosto de 2018 e deste ano. O destaque ficou por conta do roubo a residência que apresentou alta de 112%. Em 2018 foram 25 casos contra 53 deste ano.

Outra incidência que apresentou alta significativa foi estelionato. Em 2018 foram registrados 121 casos e este ano 202, elevação de 66,9%. De acordo com o delegado titular da 82ª DP (Maricá), Júlio Cesar Mulatinho, os principais casos ocorrem com idosos e estão associados aos saques em caixas eletrônicos e venda de imóveis.

Furto de veículos também foi um indicador que apresentou alta. No comparativo o crescimento foi de 25%, passando de 43 casos em 2018 para 115 este ano.

Quando o assunto é queda da criminalidade, o indicador que apresentou a maios queda foi roubo a estabelecimento comercial com 37,2%, saindo de 43 registros no ano passado para 27 deste ano.

Roubos a transeunte e roubo de carro também apresentaram baixa. O primeiro passou de 418 registros em 2018 para 295 este ano, queda de 29,4%; e o segundo saiu de 150 para 120, baixa de 20%.

Notícias Relacionadas