Rio de Janeiro,

terça-feira, junho 22, 2021
spot_img

Leia a nossa última edição #37

Itaboraí amplia vacinação para pessoas com deficiência permanente

Mais lidas

Moradores de Itaboraí com deficiência permanente e que não possuem cadastro no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) poderão ser vacinados contra a Covid-19, nesta quarta (26) e quinta-feira (27). Para garantir a primeira dose do imunizante, basta ter 18 anos e apresentar algum documento que comprove a prioridade, além do comprovante de residência, CPF (ou cartão do SUS) e documento de identificação.

Com a chegada da primeira remessa de vacinas da Pfizer, o município de Itaboraí ampliou ainda mais o calendário de vacinação na cidade para atender novas faixas etárias com comorbidades. O novo cronograma seguirá também até quinta-feira (27/05), chegando a pessoas com idades a partir de 18 anos. Cabe ressaltar que, na Fase 2 do Plano Nacional de Imunizações (PNI), o requisito idade deverá ser acompanhado pelo requisito comorbidade.

No site da Prefeitura de Itaboraí está disponível informativo com a classificação das comorbidades. Recentemente, o Ministério da Saúde incluiu na lista de prioridades pessoas com doenças neurológicas crônicas. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Sandro Ronquetti, a conclusão do calendário prioritário para pessoas com comorbidades será importante para avançar ainda mais a vacinação para toda a população.

“Após a conclusão dessa etapa, poderemos traçar uma nova estratégia para ampliar a vacinação para o restante da população itaboraiense. Até o momento, estamos conseguindo avançar rapidamente o público-alvo porque temos um planejamento seguro e responsável”, afirmou o secretário.

O calendário de Itaboraí fica assim:

Terça-feira (25/05) — a partir de 30 anos com comorbidade ou deficiência permanente
Quarta-feira (26/05) — a partir de 25 anos com comorbidade ou deficiência permanente
Quinta-feira (27/05) — a partir de 18 anos com comorbidade ou deficiência permanente

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, pessoas com síndrome de Down e também com doença renal crônica, que fazem diálise, não precisam acompanhar o calendário de faixa etária, podendo ir em um dos 16 polos estratégicos, em todas as datas, para serem imunizadas. Já as gestantes e puérperas com comorbidades devem procurar as seguintes unidades: Posto de Saúde Prefeito Milton Rodrigues da Rocha, no Centro, e Policlínica de Especialidades Médicas Vereador José de Oliveira Filoco (PEMVJOF), em Manilha. Bastam ter mais de 18 anos para serem vacinadas.

Os documentos necessários para vacinação são (original e cópia):

– Documento de identificação com foto;
– Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou cartão do SUS;
– Comprovante de residência;
– Laudos, receitas, relatório médico ou prescrição médica (com validade de 12 meses);
– Declaração de nascimento da criança ou certidão (para puérperas – até 45 dias após o parto);
– Assinatura do termo de consentimento para vacinação (para gestantes e puérperas).

Locais de vacinação

O município conta com 16 polos de vacinação. No Posto de Saúde Prefeito Milton Rodrigues da Rocha, no Centro, e na Policlínica de Especialidades Médicas Vereador José de Oliveira Filoco (PEMVJOF), em Manilha, o horário de vacinação é de 8h às 16h. Já nas demais 14 Unidades de Saúde da Família (USF), destinadas como polos, o atendimento à população é de 9h às 15h.

spot_img

Últimas noticias