spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Itaboraí: com obras avançadas, novo campus do IFF começa a operar em agosto de 2021

spot_imgspot_img

Mais lidas

Itaboraí está perto de ter um campus do Instituto Federal Fluminense (IFF) para chamar de seu. As obras de construção da nova unidade educacional já estão bem avançadas e a fase de implantação, em que há a resolução das demandas necessárias ao seu funcionamento, já está em execução. A expectativa de início das atividades é em agosto do próximo ano.

“A proposta da Diretoria de Implantação e da Comissão que conta com representantes dos Campi Maricá, Cabo Frio, Itaperuna, Campos Centro, Campos Guarus e da Reitoria é que, aproveitando as partes da obra já concluídas, as atividades na unidade tenham início em agosto de 2021”, comentou o diretor-geral de Implantação do IFF Campus Itaboraí, Vicente de Paulo Santos de Oliveira. Segundo ele, o bloco de salas de aula e a biblioteca já estão prontos, e o auditório está perto de ser finalizado.

O avanço nas atividades foi possível por conta de uma verba extraordinária liberada pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC). Com isso, a expectativa é que toda a obra seja concluída até o final do próximo ano.

“Este valor de R$ 1,8 milhão disponibilizado pela Setec/MEC é fundamental para a continuidade da construção do Campus Itaboraí, que teve sua execução reiniciada em maio de 2020, por meio desta nova contratação, sendo que já foram executados aproximadamente 40% desta nova fase da obra. E a previsão é de que a construção de todo o campus seja concluída até o fim de 2021”, destacou Guilherme Batista Gomes, pró-reitor de Administração do IFF.

O campus terá caráter regional e deverá atender, pelo menos, oito cidades. “O Instituto Federal Fluminense em Itaboraí atenderá não só o município que o sedia, com mais de 240 mil habitantes, mas pelo menos a outras oito cidades vizinhas, tais como Guapimirim, Cachoeiras de Macacu, Magé, Maricá, Silva Jardim, Rio Bonito, São Gonçalo e Tanguá. São cerca de dois milhões de pessoas a serem beneficiadas, quantitativo superior a toda população atualmente atendida pelo IFF”, acredita Vicente Oliveira.

Mas, como já diria o “Tio Ben”, personagem do HQ “Spiderman”, “com grandes poderes vem sempre grandes responsabilidades”. “Por estar na região Metropolitana do Rio de Janeiro, este desafio torna-se maior devido às desigualdades sociais, pobreza e violência presentes naquele entorno, e à ausência de equipamentos de ensino público semelhantes ao IFFluminense na região”, avalia o diretor-geral de Implantação da unidade.

O campus terá aproximadamente 35 mil metros quadrados, e fica localizado na na rua Isaura Pantoja, S/N°. “O projeto arquitetônico executado é o que foi proposto, que conta com blocos administrativos e pedagógicos, aproximadamente 20 laboratórios, biblioteca, auditório, 12 salas de aula e ginásio esportivo. Os laboratórios estão sendo adaptados à vocação do campus para energia renováveis”, explica o diretor de Infraestrutura do IFFluminense, Marcelo Peixoto.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img