spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Joca: após morte de animal em transporte aéreo, aeroportos são alvos de manifestações

spot_imgspot_img

Mais lidas

Após a morte do cachorro Joca (Golden Retriever), após a falha no transporte aéreo pela Gol no último dia 22, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) entrou no caso. Nesse domingo (28/04) vários protestos movimentaram os Aeroportos de vários estados.

Proprietários de animais e ONGs usaram cartazes para chamar atenção das pessoas sobre as responsabilidades das empresas de transportes de animais. O engenheiro João Fantazzini Júnior, dono do Joca, esteve no ato e disse que essa luta não vai acabar.

A instituição fez um alerta sobre a necessidade de regulamentar o transporte aéreo e rodoviário de animais no país. “O transporte de animais, sejam eles domésticos ou selvagens, requer cuidados específicos para garantir que seja realizado de forma segura e responsável, respeitando suas necessidades fisiológicas e comportamentais”, diz o texto do CFMV.

Para criação dessa regulamentação seria necessária a colaboração de representantes de várias esferas: os ministérios dos Portos e Aeroportos, da Agricultura e Pecuária, do Meio Ambiente e Mudança do Clima, e da Saúde, além da Agência Nacional de Aviação Civil e da Polícia Federal.

Joca deveria ser transportado do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para Sinop (MT), mas foi enviado para Fortale

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img