Lei que combate violência contra Mulher é sancionada em Maricá

Importante lei bastante debatida na Câmara de Vereadores de Maricá foi sancionada pelo prefeito Fabiano Horta (PT). De autoria do vereador Marcinho da Construção (DEM), a lei institui a Campanha de Conscientização ostensiva da valorização, prevenção e Enfrentamento à Violência Doméstica contra as Mulheres.  A lei prevê ainda a criação de um grupo intersetorial com a participação de voluntários para viabilizar a promoção de atividades didáticas, informativas, de orientação e conscientização sobre os direitos das mulheres. O objetivo da campanha é combater e prevenir a violência familiar.

“A ideia é desenvolver campanhas informativas e educativas que envolvam a valorização das mulheres, discussões e debates sobre violência doméstica, além de coibir esses tipos de crime” disse Marcinho da Construção que afirma que é preciso discutir meios para inibir esse tipo de crime. “Temos inúmeros casos de mulheres que são vítimas frequentemente de violência em nossa cidade. Mulheres que sofrem caladas por falta de coragem, por medo. Precisamos criar mecanismos para diminuir crimes contra a mulher. É preciso discutir políticas públicas para a solução do problema”, disse Marcinho.

Estatística – Eventualmente o Instituto de Segurança Pública (ISP) divulga dados relativos à violência contra a mulher. Na área de Niterói e Maricá, seis mulheres foram assassinadas somente no ano passado. O estudo apontou que maior parte dos crimes de tentativa de homicídio partem dos ex-companheiros. Em 2016, 26 mulheres na região atendida pelo 12º BPM (Niterói) foram vítimas de tentativa de homicídio. Os números são assustadores, cerca de duas mil mulheres sofreram agressões físicas em Niterói e Maricá. 

Notícias Relacionadas