Macaé realiza fiscalização em estabelecimentos para cumprimento de decreto

Foto: Ascom PMM / Bruno Campos

Com o objetivo de fiscalizar e orientar estabelecimentos sobre o cumprimento do decreto 058/2021, que determina novos horários de funcionamento, a Prefeitura realizou na noite deste sábado (6), uma ação que mobilizou agentes da Coordenadoria Especial de Posturas, as Secretarias de Ordem Pública e Mobilidade Urbana, as Secretarias Adjuntas de Turismo e Trabalho e Renda, Coordenadoria Especial de Vigilância Sanitária e Casa Civil com apoio da Polícia Militar.

 

A operação foi iniciada na Avenida Evaldo Costa, onde se concentra grande número de bares, restaurantes, mercadinhos, entre outros estabelecimentos comerciais. As equipes seguiram à noite indo aos bairros Aroeira, Virgem Santa e Aeroporto. Na Aroeira, alguns bares que estavam funcionando foram instruídos sobre o novo horário de funcionamento previsto no decreto e prontamente atenderam a nova determinação.

 

Na Virgem Santa estava sendo realizada uma festa. A equipe orientou os organizadores e participantes que logo entenderam e encerraram o evento.

 

Um depósito de bebidas e um restaurante também foram encontrados em funcionamento no Aeroporto. “Estamos aqui para orientá-los e ajudá-los, é um momento difícil para todos, mas juntos vamos passar por isso e logo voltar à normalidade”, disse o Coordenador Especial de Posturas, Rafael Bartolomeu.

 

A fiscalização também passou pelo Alto da Glória, Novo Cavaleiros, Lagoa de Imboassica, Praia Campista, Cavaleiros, Campo do Oeste e Rodoviária. Os fiscais orientaram os responsáveis pelos estabelecimentos a trabalhar por sistema de delivery, para evitar dessa forma aglomerações.

 

O coordenador da Vigilância Sanitária, Thiago Camargo, avaliou a operação como positiva. “Encontramos estabelecimentos abertos fora do horário permitido, mas assim que foram orientados, logo atenderam”, explicou Thiago Camargo.

 

De acordo com informações da fiscalização de Posturas, nesse primeiro momento, o objetivo é conscientizar os proprietários dos estabelecimentos sobre a importância de se cumprir o decreto para que eles não sejam fechados e até mesmo paguem multas.

 

Os trabalhos de orientação prosseguem neste domingo (7), a partir das 10h.

Notícias Relacionadas