Mais de 5 mil se inscreveram no processo seletivo para hospital de Maricá

Mais de 5 mil candidatos se inscreveram no processo de seleção de funcionários temporários para o Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, localizado às margens da RJ-106, na altura do bairro de São José do Imbassaí. As inscrições para as 427 vagas e cadastro de reserva foram encerradas às 20h da quarta-feira, 15/04.

De acordo com o edital publicado pela Organização Social (OS) Centro de Excelência em Políticas Públicas (Cepp), responsável pela gestão do hospital, o resultado deve ser divulgado amanhã. A expectativa é que até a próxima semana os candidatos já tenham sido selecionados.

A contratação emergencial se dará em caráter imediato por conta de o hospital Che Guevara ser destinado a receber pacientes com o novo coronavírus, causador do Covid-19. Os profissionais serão contratados por seis meses, com a possibilidade de renovação por mais seis ou até ser finalizado o combate ao vírus, desde que o prazo não ultrapasse dois anos.

As vagas deste processo serão preenchidas por técnicos de enfermagem e pessoal de apoio – maqueiros, auxiliares de almoxarifado, de farmácia, de necrotério e de rouparia, além de funcionários dos setores administrativos do hospital.

“A expectativa foi alcançada com a seleção”, é o que conta o infectologista de Secretaria Municipal de Saúde, Marcelo Velho, para quem o objetivo é transformar o Che Guevara em um hospital de referência no tratamento contra o vírus.

“Nós conseguimos um número bom de inscritos, o próximo passo agora é aguardar os selecionados e oferecer o melhor treinamento, vamos trabalhar o ensino, a pesquisa, de modo que os profissionais aprendam bastante ao longo desse trabalho.  O Che será referência estadual e nacional no combate ao Covid-19”, explicou.

O critério da seleção dos candidatos, composta apenas por análise curricular, é baseada nos seguintes itens: comprovação de residência do candidato em municípios da região metropolitana; experiência profissional em funções diretamente relacionada com a categoria profissional pretendida e cursos de aperfeiçoamento e/ou aprimoramento na área diretamente relacionada à função pretendida. A regra para o desempate é a experiência na função.

Com quase duas mil inscrições, o cargo de técnico de enfermagem foi o que recebeu mais inscrições, seguido por auxiliar administrativo com quase mil e supervisor administrativo com 800 inscrições. Por ser voltado ao cuidado de pacientes contaminados pelo novo coronavírus, não foi permitida a participação de pessoas pertencentes a grupos de risco. Candidatos de outros municípios também se interessaram pelo processo seletivo, mas a maioria absoluta – cerca de 3.100 nomes – na relação é de moradores da cidade.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.