Mais de 5 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Itaboraí

idosos vacinados Itaboraí Foto: Ascom PMI/Divulgação
Dados da Secretaria Municipal (SEMSA) de Itaboraí mostram que já foram aplicaram 5.015, até a última quarta-feira (17), das 6.750 doses (D1) das vacinas contra Covid-19 (Coronavac e Oxford/AstraZeneca) recebidas pelo município. A cidade segue o calendário de vacinação previsto pelo Ministério da Saúde e pelo Estado, a Prefeitura de Itaboraí continua a imunização de idosos com idades a partir de 85 anos, residentes na cidade, até está sexta-feira (19).
Até o momento, o município já recebeu quatro remessas de doses (D1) da vacina, encaminhadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ). A primeira, contendo 2.310 frascos da Coronavac (Instituto Butantan/Sinovac), foi entregue no dia 19 de janeiro, quando Itaboraí deu início à vacinação de profissionais de saúde da linha de frente (rede de urgência e emergência) e idosos abrigados em instituições de longa permanência.
No dia 25 do mesmo mês, chegou a segunda remessa, com 2.080 imunizantes de Oxford/AstraZeneca, que foi utilizada para avançar a vacinação de profissionais de saúde do município e atender também a rede privada. No dia 3 de fevereiro, o município recebeu uma carga mista, contendo 500 doses da Coronavac e 60 de Oxford/AstraZeneca, que continuou atendendo a profissionais de saúde da rede privada e ampliou ainda a vacinação para pacientes acamados.
Já no último dia 11, as equipes da SEMSA retiraram mais 1.800 doses da Coronavac. O secretário municipal de Saúde, Sandro dos Santos Ronquetti, ressalta que é necessário manter a retaguarda sempre abastecida para que a cidade continue avançando a vacinação de forma segura e eficiente para toda a população.
“Estamos seguindo todas as diretrizes e orientações do Ministério da Saúde. Entendemos que as pessoas ficam ansiosas para serem vacinadas, mas não podemos ser imprudentes. A quantidade de vacinas que recebemos ainda é pequena para atender toda população. Só podemos avançar nos públicos-alvo quando tivermos estoque suficiente para atender a todos dentro de cada grupo”, explicou o secretário.

Notícias Relacionadas