Mais de 750 veículos são impedidos de entrar em Maricá no feriado de Páscoa

Barreira Sanitária Foto: ErreJota Notícias

Ao todo 760 veículos foram impedidos de entrar em Maricá neste feriado de Páscoa, desde o dia 1º a 4 de abril por conta das barreiras sanitárias instaladas nos acessos da cidade para evitar a proliferação do novo coronavírus.

Ao todo foram realizadas 33.608 abordagens nos oito pontos de bloqueio, que voltaram a funcionar após decretada bandeira laranja no município, para impedir o acesso às praias e pontos turísticos do município. Nos 10 dias de “Feriadão”, 1.540 veículos foram impedidos de acessarem a cidade e 57.301 veículos foram abordados nas barreiras sanitárias.

Nas barreiras, apenas residentes e pessoas que trabalham na cidade puderam passar. No balanço do feriado de Páscoa, Vivendas, Recanto (Itaipuaçu) e Sacristia foram os locais com mais veículos impedidos de acessar a cidade. De acordo com o secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional, tenente-coronel Júlio César Veras, foi percebido uma conscientização da população.

“Foi um feriadão bem intenso, com muita fiscalização, onde nossas praias e pontos turísticos ficaram vazios. As secretarias envolvidas trabalharam com planejamento intensificado, que gerou todo sucesso neste período . O retorno de veículos foi um número muito significativo.  As nossas praias vazias é um retrato de que adotamos as medidas certas e que a população entendeu e permaneceu em suas casas”, pontuou.

Ainda de acordo com o chefe da pasta, esse feriadão de 10 dias, estabelecido pelo Governo do Estado,  espera que surta efeito diretamente nos números de casos da doença na cidade.

“Esperamos que esse feridão seja um fator de influência direta no número de  contaminados, na diminuição de ocupação dos leitos nos nossos hospitais”, concluiu.

Novas medidas- A bandeira Laranja será mantida na cidade até a próxima quinta-feira (08), com as medidas de restrição ao funcionamento do comércio e à circulação de pessoas.

Praias, lagoas e cachoeira seguem fechadas ao público, estando o estacionamento de veículos proibido em toda a orla. Bares e restaurantes só podem funcionar até às 23h e está proibida a permanência de pessoas nas ruas das 23h às 5h.

A partir de sexta-feira (09), será extinto o sistema de bandeiras para classificação das medidas de contenção da pandemia de Covid-19. Em seu lugar, o novo decreto traz um conjunto de regras menos restritivas, mas ainda com total ênfase na prevenção ao contágio pelo coronavírus. Entre elas está a liberação do estacionamento na orla, já que os quiosques podem voltar a funcionar. Mas a Prefeitura ressalta que praias e orlas continuarão fechadas ao público mesmo com a entrada em vigor do novo regulamento.

Notícias Relacionadas