Mandatos do prefeito de Cabo Frio Marquinho Mendes e sua vice-prefeita, Rute Schuindt são cassados pelo TSE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) de Cabo Frio foi comunicado nesta quarta-feira (09/05) da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Supremo Tribunal Federal (STF) de caçar o mandato do prefeito de Cabo Frio e sua vice-prefeita, Marquinho Mendes e Rute Schuindt, respectivamente.

Ambos devem ser afastados de suas funções na entre a tarde desta quarta e o final da quinta-feira (10). Com a vacância no cargo, o presidente da Câmara Municipal Aquiles Barreto será convocado para assumir o comando do Executivo municipal até a realização de novas eleições.

ENTENDA O CASO
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou em 24 de abril, por unanimidade, o mandato do prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes (MDB). O atual mandatário da maior cidade da Região dos Lagos foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral por improbidade administrativa. Segundo o processo no TSE, Marquinho estava com os direitos suspensos na época das eleições de 2016, motivo pelo qual não poderia ter sido candidato a prefeito.

O Ministério Público apontou irregularidades como abertura de créditos adicionais e despesas com pessoal excedendo orçamentos em 2012. Além disso, o prefeito é acusado de fazer distribuição gratuita de materiais de construção e de contratar um alta quantidade de funcionários.

Notícias Relacionadas