spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Maricá assina contrato do projeto de streaming ‘Maricá Filmes’

spot_imgspot_img

Mais lidas

A Prefeitura de Maricá realizou nesta quinta-feira (23) , por meio da Secretaria de Cultura e do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), a solenidade de assinatura simbólica do contrato para o desenvolvimento de uma solução audiovisual streaming, o projeto ‘Maricá Filmes’.

A solenidade aconteceu no Cine Teatro Municipal Henfil, no Centro, e foi transmitida pelas redes sociais da Prefeitura. Presente à cerimônia, o ator e diretor Antônio Pitanga afirmou que já conhece Maricá e está sendo um grande prazer gravar cenas do filme ‘Malês’ no município.

“É uma honra poder participar da assinatura simbólica do contrato para o desenvolvimento do ‘Maricá Filmes’, além de ter a oportunidade de gravar o filme Malês aqui em Maricá. Aqui temos um conjunto arquitetônico que pode acrescentar uma característica única aos cenários no filme”, frisou o diretor.

O secretário de Cultura, Sady Bianchin, contou que o objetivo do ‘Maricá Filmes’ é incentivar a produção de filmes locais, aproveitando as belezas naturais da cidade como cenário.

“É uma cidade governada com responsabilidade social e um cenário rico em belezas naturais como praias, lagoas, montanhas, serras, restingas e fazendas históricas. A plataforma de streaming trará múltiplos benefícios para o nosso município, inclusive com o crescimento da atividade econômica”, explicou o secretário de Cultura.

“O desenvolvimento do canal de streaming garante mais uma vez o protagonismo e a excelência de Maricá em buscar soluções inovadoras. Esse projeto irá gerar empregos, movimentar a economia e proporcionar aos moradores maricaenses uma capacitação profissional com cursos”, disse o diretor-presidente do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), Celso Pansera.

A assinatura simbólica do contrato para o desenvolvimento de solução audiovisual streaming contou com a presença do produtor e cineasta Flávio Tambellini; dos vereadores Andrea Cunha e Haddesh; do secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos, Igor Sardinha; do secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Julio Carolino; do presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá, Olavo Noleto; do representante do Instituto Darcy Ribeiro (IDR), Alan Novaes; do diretor de fotografia Pedro Farkas e de parte do elenco do filme Malês. 

Mais sobre o streaming Maricá Filmes

O Maricá Filmes é uma plataforma de streaming, ou seja, é uma forma de distribuição digital, em oposição à descarga de dados. A difusão de dados, geralmente em uma rede através de pacotes, é frequentemente utilizada para distribuir conteúdo multimídia através da internet. Desta forma, as informações não são armazenadas pelo usuário em seu próprio computador. O objetivo da plataforma é a produção e distribuição de obras audiovisuais que vão resultar em processos socioculturais significativos para a pesquisa e a formação das novas gerações.

Filme Malês

O longa abordará a revolta de escravizados muçulmanos, de origem hauçá e nagô, ocorrida em 1835, na Bahia. Malês será rodado em Salvador (BA), Cachoeira (BA) e Maricá (RJ) e conta a história de Kalima e Dassalu, jovens da aristocracia do Reino de Òyó, na África, de 1833. Em plena cerimônia de casamento, eles são capturados, separados e vendidos como escravos para o Brasil.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img