Maricá: Construções irregulares são derrubadas na Praia da Barra

A Comissão Permanente de Preservação e Manutenção de Áreas Públicas (Copremar) executou nesta quarta-feira (06/11) uma operação para derrubar as estruturas de madeira e bambu afixadas irregularmente na areia da praia da Barra de Maricá, desde a Rua 1 até a Rua 13. As armações estavam fincadas em uma Área de Proteção Permanente (APP). O objetivo da ação foi combater a poluição visual em toda a orla.

Em um desses locais funciona um conhecido bar situado na Avenida Litorânea, em frente ao lote 02 da quadra 19 com a Rua 11. A área demolida era destinada aos shows que aconteciam nos fins de semana do pós-praia. No mesmo estabelecimento, o proprietário havia iniciado, de forma irregular, uma construção anexa ao bar, igualmente demolida.

O processo foi instaurado no dia 16/09 pela fiscalização da Secretaria de Urbanismo. O dono recebeu a primeira notificação no mesmo dia, e a segunda, no dia seguinte, emitida pelo mesmo setor da pasta. Já no dia 23/09, foi emitida a primeira notificação pela Copremar. Ainda na mesma data, a intimação foi publicada no Jornal Oficial de Maricá (JOM), e no dia 16/10, foi expedida mais uma notificação pela Copremar.

Além das que foram retiradas no estabelecimento, a equipe recolheu duas estruturas na mesma avenida na altura da Rua 1; uma no trecho da Rua 4; uma na região da Rua 10; outra nas imediações da Rua 12 e uma nas proximidades da Rua 13.

Todo o material recolhido será destinado a uma área de descarte da Prefeitura. A operação contou com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar. Quatro caminhões e uma retroescavadeira deram suporte à ação.

Notícias Relacionadas