Maricá distribui máscaras nos Vermelhinhos e barreiras sanitárias

Fotos: Divulgação

De uso obrigatório a partir da próxima segunda (04), muita gente ainda não entendeu a importância do uso de máscaras como medida de proteção individual e coletiva. Por isso, a Prefeitura de Maricá está realizando a distribuição de máscaras laváveis nos Vermelhinhos e nas barreiras sanitárias da cidade.

LEIA MAIS:
Maricá: só poderá embarcar em ônibus quem estiver usando máscara
Uso de máscaras será obrigatório em Maricá

Cooperativas de costureiras de Maricá foram contratadas pela Prefeitura visando a compra dessas máscaras laváveis. A ideia é fomentar a economia local.

Agentes do Comitê de Bairros (CDB), da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, também estão fazendo a distribuição dessas máscaras em diversos locais da cidade. Araçatiba, Inoã e Ponta Negra estão recebendo os agentes neste sábado. “A máscara protegendo uns aos outros! Iniciamos a distribuição a toda população. Todos juntos pra parar o vírus!”, publicou o prefeito Fabiano Horta em sua rede social.

A partir da próxima semana, também será obrigatório o uso no interior de ônibus e táxis ou carros de transporte por aplicativo. Quem não estiver usando as máscaras, não poderá embarcar.

Punição – A medida prevê punições a quem descumprir o decreto, conforme os artigos 268 (infração de medida de natureza sanitária) e 330 (desobediência) do Código Penal, com penas de prisão e multa. A fiscalização ficará a cargo da Guarda Municipal.

Segundo o secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional, Júlio Cesar Veras, os homens da GM vão atuar principalmente na orientação da população, com atenção especial à observância da nova regra nos estabelecimentos, que podem sofrer sanções que vão de advertência ao responsável pelo local até a cassação do alvará de funcionamento.

“É também obrigação da gerência de cada estabelecimento fiscalizar o uso das máscaras por seus funcionários e pelas pessoas que acessarem esses locais. Se for necessário, agentes da GM, da Fiscalização de Posturas do município ou do Procon atuarão para fazer cumprir a regra”, explicou o secretário.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.