spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Maricá intermedeia compra de vacinas para cidade do Norte Fluminense

spot_imgspot_img

Mais lidas

A compra de doses da Sputnik V por Maricá segue sendo exemplo para que outras cidades possam fazer o mesmo. Dessa vez, quem buscou a expertise maricaense no assunto foi a cidade de Porciúncula, no Norte do Estado.

Um consórcio de municípios interessados em comprar a vacina foi montado a fim de facilitar a aquisição das doses não previstas no Plano Nacional de Imunização. “Somos gratos ao município de Maricá, que está abrindo as portas para que Porciúncula participe deste consórcio e de outras importantes parcerias”, comentou o prefeito de Porciúncula, Léo Coutinho.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Porciúncula, o secretário Higino Lira, vem mantendo reuniões constantes com o prefeito de Maricá Fabiano Horta e o presidente do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM), Celso Pansera. O ex-ministro também é coordenador do consórcio das vacinas

“A aquisição destes imunizantes são de extrema importância no controle dessa pandemia, por isso não vamos medir esforços para que a população de Porciúncula seja beneficiada com essa parceria”, disse o secretário.

Vale lembrar que, no início de junho, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação em caráter excepcional e temporária da Sputnik V, mas apenas 1% da população poderia ser vacinada. Apenas estados do Consórcio de Governadores do Nordeste, inicialmente, receberiam as doses. Com isso, cidades como Maricá e Niterói ficaram impedidos, nesse momento, de concretizar a compra.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img