Rio de Janeiro,

terça-feira, maio 17, 2022
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #48

Manifesto da OAB Maricá em prol de advogados aconteceu nesta quinta-feira

Mais lidas

Nesta quinta-feira (12), advogados da OAB Maricá e de mais 62 subseções de todo Estado compareceram no ato contra o PJE (processo judicial eletrônico. A manifestação aconteceu na frente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), no Centro do Rio.

Somente no mês de abril, o PJE ficou 16 dias sem funcionamento regular. Tal indisponibilidade faz com que o sistema não receba petição ou faça a expedição de qualquer ato.

“Foi um ato muito importante, um marco no mundo jurídico. Estavam presentes todas as subseções do estado e, como a Ordem dos Advogados é a caixa de ressonância sociedade, o advogado sempre representa alguém. É ele que corrige um benefício do INSS, é ele que consegue expedir o alvará pro mandado de pagamento de um filho alimentado, ele que consegue fazer a busca e apreensão de um menor que consegue expedir alvará de soltura”, disse o Presidente da OAB Maricá, Eduardo Carlos de Souza.

O advogado falou sobre os prejuízos causados pela indisponibilidade do sistema. “Esse ato foi contra o sistema do PJE, que está somente no mês de abril deixou indisponível quase que o mês todo. A advocacia não conseguia trabalhar. Isso reflete no trabalho da advocacia que tem por trás toda uma sociedade sofrida e que necessita da urgência do poder que deixou de atender com presteza, com celeridade e toda uma sociedade que necessita recorrer ao poder”, afirmou.

O Presidente também contou que confia que o Tribunal de Justiça entenderá a manifestação e crê que a melhora virá para o sistema.

*estagiário sob supervisão de Lucas Nunes

spot_img
spot_img

Últimas noticias