Maricá: nova metodologia faz casos de Covid-19 saltarem de 335 para 547

A prefeitura de Maricá divulgou na noite desta terça-feira (02), o novo boletim epidemiológico. Os dados mostram a nova metodologia adotada a partir de junho, seguindo o governo do Estado, onde a divulgação de casos confirmados do coronavírus obedecem a novos critérios, passando a considerar como casos confirmados o caso suspeito de Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave que tiver resultado positivo por Biologia Molecular (RT-PCR em tempo real, detecção do vírus SARSCoV-2) ou por Exame Imunológico (teste rápido ou sorologia clássica para detecção de anticorpos) ou quando atender a critérios clínicos-epidemiológicos.

Além disso, vale lembrar que desde o dia 1º os polos de triagem para Covid-19, em Maricá, passaram a realizar testes, o que também está associado ao aumento nos registros de coronavírus na cidade.

De acordo com a secretaria de Saúde, a cidade possui 547 casos confirmados de Covid-19, 348 casos estão descartados, 354 pessoas já se recuperaram e estão de alta médica e até o momento são 38 óbitos.

O novo mapeamento traz dados referentes aos distritos. No 1º distrito (Sede) foram registrados 229 casos, os bairros com maiores índices de contágio são: Centro (55), São José do Imbassaí (45), Araçatiba (28), Itapeba 19 e Flamengo 18.

Já o 2º Distrito (Ponta Negra) possui 42 casos. Os bairros com maiores registros são: Balneário Bambuí (10), Ponta Negra (10) e Cordeirinho (07).

No 3º Distrito (Inoã) foram registrados 94 casos. Inoã (45) e Chácaras de Inoã (25) são as regiões com mais casos.

O 4º Distrito (Itaipuaçu) é o segundo com mais casos registrados, 164 no total. Jardim Atlântico Central (33), Jardim Atlântico Leste (30) e Barroco (24) são as localidades com mais pessoas contaminadas por coronavírus.

Há ainda, somando todos os distritos, 56 registros sem confirmação de localidade.

Confira o boletim com os casos por região

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.