Micros e pequenos empresários terão prioridade para empréstimos em Maricá

Os micros e pequenos empresários de Maricá poderão ter mais facilidade no momento de conseguir empréstimos. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico iniciou uma tratativa com a Agência Estadual de Fomento (AgeRio), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e representantes comerciais do município sobre a possibilidade de os empreendedores locais obterem linhas de créditos diferenciadas que permitem a viabilização de investimentos em seus negócios.

A reunião aconteceu na última sexta-feira (23/02), com o secretário Alan Novais e representantes comerciais da cidade, como a Associação Comercial de Maricá, Associação Empresarial e de Serviços de Itaipuaçu e Inoã (Assesi), além do Sebrae e de servidores municipais.

Alan Novais afirmou que esta união é uma forma de o poder público olhar para os micros e pequenos empresários de Maricá, tendo em vista o desenvolvimento econômico pelo qual passa o município. “Maricá vive um forte crescimento em diversas áreas. E, o poder público dando prioridade para os empresários locais, facilita a obtenção de créditos para que eles possam comprar máquinas, equipamentos, mercadorias, matéria-prima e alavancar o seu negócio”, disse o secretário.

Para Delfim Moreira, diretor da Associação Comercial de Maricá (ACM), essa reunião mostra o interesse do governo em dialogar com os empresários locais. ”Isso é muito importante. Porque só assim a gente consegue crescer juntos. Então, Maricá vai crescer muito e que nossa associação esteja presente junto à prefeitura”, afirmou Delfim.

Na visão do gerente executivo de microcrédito da AgeRio, Bruno Bravo, a iniciativa foi fundamental para alavancar o desenvolvimento econômico da região. “Essas iniciativas casaram muito bem com o planejamento estratégico do município, pelo que foi apresentado pelo secretário. Eu acho que a gente tem boas oportunidades de avançar aqui e criar um programa de referência no Estado do Rio de Janeiro”, concluiu.

O analista técnico do Sebrae, Leonardo Martins, afirmou que o objetivo principal é trazer para os microempreendedores e empreendedores da cidade um crédito orientado. ”Enquanto a AgeRio vem disponibilizar os recursos, o Sebrae entra na parceria com a capacitação dos empresários para adquirirem os recursos de uma forma correta”, disse.

Notícias Relacionadas