Moradores do Bananal fecham Estrada de Ponta Negra em manifestação contra a Enel

Foto: ErreJota Notícias

Foto: ErreJota Notícias

Moradores da comunidade “Morada Legal”, no Bananal, estão nesse momento fazendo manifestação na Estrada de Ponta Negra contra a concessionária de energia elétrica Enel. Segundo eles, a comunidade está sem luz desde o início das fortes chuvas que atingiram a cidade na última segunda-feira (25).

LEIA MAIS:

Moradores fazem protesto contra Enel em Maricá
Estrada dos Cajueiros também fica fechada por manifestantes; via já está liberada

Sempre que eles fazem contato com a central de atendimento da concessionária, a previsão é de que a luz voltaria entre uma hora e uma hora e meia, mas nunca o prazo estabelecido nunca é respeitado. Fios rompidos com o temporal estão expostos levando perigo.

Compras antecipadas para o carnaval foram perdidas com a falta de energia. “Estamos esquecidos aqui. Tudo na nossa geladeira já estragou. Um grande prejuízo”, gritava uma moradora.

Outro morador, de aproximadamente 65 anos, estava desesperado. A esposa utiliza injeções diárias que custam aproximadamente R$5.000 que fazem parte de um tratamento contra o câncer de mama. “As injeções precisam ficar na geladeira. Sem luz, faço como? Tentei conservar no gelo, mas não durou muito tempo”, contou.

As crianças da localidade são as que mais sofrem com insetos. “Tem uma bebê de colo que está cheia de feridas devido a picadas de mosquito”, contou outra moradora.

A manifestação acontece pacificamente desde as 08h de hoje. Uma equipe do Proeis Maricá está no local garantindo a ordem.

Notícias Relacionadas