MP e Polícia Civil deflagram ‘Operação Conexão Búzios’

Divulgação
Divulgação

O Ministério Público do Rio de Janeiro e a Polícia Civil, realizam nesta quinta-feira (31) a Operação Conexão Búzios. O objetivo da ação é cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra 60 suspeitos de integrar à facção criminosa Comando Vermelho (CV) e 11 ligados à facção Terceiro Comando.

De acordo com as investigações os acusados teriam envolvimento com o tráfico ilícito de drogas, extorsão, lesão corporal, porte ilegal de armas, homicídio e lavagem de dinheiro. A pratica dos crimes teriam ocorrido no Rio de Janeiro e em quatro municípios da Região dos Lagos, Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Armação de Búzios.

“Os denunciados praticaram o delito de tráfico ilícito de entorpecentes mediante utilização de armas de fogo e de intimidação dos moradores das comunidades de baixa renda da região, que eram dominadas territorialmente pela organização criminosa pela violência e intimidação constantes, consistentes em represálias contra quem se insurgisse contra o domínio”, aponta o MPRJ, afirmando ainda que os moradores eram obrigados a agir conforme a chamada ‘lei do tráfico’.

Um dos mandados de prisão é contra uma empresa prestadora de serviços de internet, em São Pedro da Aldeia, que, segundo o MPRJ, era comandada por sócios ligados ao CV e o sinal era fruto de interrupção de sinal de provedores regulares legalmente no município.

Notícias Relacionadas