Rio de Janeiro,

quarta-feira, dezembro 8, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #42

Mudança na saúde de São Gonçalo; entenda

Mais lidas

“Pediu para sair”; o médico André Vargas foi exonerado “a pedido” do comando da Secretaria de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo. A publicação aconteceu no Diário Oficial do município desta quinta (11). Houve mudança também na Fundação Municipal de Saúde (FMS)

Para a vaga de André Vargas, o prefeito Capitão Nelson (PL) determinou que Gleison Rocha da Silva assuma a função já a partir desta sexta (12). Antes de assumir a pasta, Gleison respondia pela direção geral do Hospital Infantil Darcy S. Vargas.

Vargas teve uma gestão marcada por polêmicas. Uma das denúncias realizadas foi o fato de empresas pertencentes à família do então secretário serem fornecedoras dos hospitais municipais. André Vargas também era questionado pela falta de transparência durante o comando da pasta.

José Fernando Soares, que respondia pela Fundação Municipal de Saúde, também teve a exoneração publicada “a pedido”. Deivid Robert de Cresci Campos é o novo presidente da FMS. Ele também assume a partir desta sexta (12). Ele atuava como subsecretário de Regulação da Secretaria de Saúde.

Capitão Nelson designou para Subsecretaria de Regulação a servidora Glaucia de Oliveira Pinheiro Capibaribe. A portaria, no entanto, não deixa claro se o cargo será ocupado interinamente ou em definitivo.

spot_img
spot_img

Últimas noticias