Música ao vivo volta a ser permitida em Maricá

música ao vivo Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maricá autorizou o retorno de música ao vivo em bares, restaurantes a partir desta segunda-feira (17). Com a liberação fica permitida a apresentação de música ao vivo e eletrônica, transmissão de eventos esportivos, assim como reprodução de qualquer música por meio de equipamento eletrônico.

Apesar da liberação, ainda está proibida a utilização de pistas de dança e a permanência no local do bar e/ou restaurante de pessoas em pé. Os locais poderão funcionar de forma presencial até às 3h da manhã.

Essa era uma reivindicação antiga da classe artística da cidade. O cantor maricaense, Rafael Caçula, comemorou a novidade.

“É a melhor notícia que nossa classe poderia ter. Já estamos em uma situação muito complicada a bastante tempo. Fomos os primeiros a parar as atividades e eu, particularmente, espero muito que todos respeitem de fato o decreto para que não tenha que parar novamente”, contou.

A cantora Vivi Serrano ressaltou que a música agrega valor e renda, além de ser um alívio para classe que teve suas atividades suspensas.

“Fico feliz com o retorno da música ao vivo. Sei que estamos vivendo tempos difíceis, mas quem vive da música integralmente, depende desse setor funcionar para trazer o sustento ao seu lar! Esse retorno beneficia tanto o artista quanto ao comércio que trabalha com música ao vivo. A música para o artista trabalhador e o comércio, agrega valor e renda, seja parcial ou total.  A liberação é um alívio para nós, da classe”, pontuou.

Os bares e restaurantes deverão disponibilizar mesa com álcool em gel 70%, além observar distância mínima de 1,5 m  entre as mesas ou utilização de barreiras físicas.

Notícias Relacionadas