Rio de Janeiro,

terça-feira, setembro 28, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Niterói: Ciclovia da Orla de São Francisco começa a ser ampliada

Mais lidas

 A Prefeitura de Niterói está aumentando a ciclovia da orla de São Francisco. O projeto é da  Coordenadoria Niterói de Bicicleta.

A obra é um planejamento de aumento da malha cicloviária do município, atualmente, a cidade conta com 45 quilômetros de ciclovia. Serão 2,3 quilômetros entre áreas novas e requalificadas ao longo de toda a Avenida Quintino Bocaiúva, em São Francisco, e da Avenida Silvio Picanço, em Charitas.

Além disso, todo o trajeto também receberá nova sinalização. Para isso, já está sendo feito o recapeamento da Avenida Quintino Bocaiuva.

Como funcionará a obra?

Segundo a Prefeitura, será implantada uma ciclovia segregada em todo o trecho da saída do túnel Roberto Silveira (Icaraí-São Francisco) até a entrada da garagem subterrânea, em Charitas. A partir deste ponto será feita a requalificação da ciclovia existente que segue até a entrada do túnel Charitas-Cafubá.

A ciclovia na Avenida Quintino Bocaiuva será implantada junto ao canteiro central da via no trecho entre o skateparque de São Francisco até a igrejinha de São Francisco e, dali em diante ela passará para a pista sentido Centro, já na altura da Avenida Sílvio Picanço.

Com a criação da Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC), que acontece através de adaptação da operação de trânsito nas faixas exclusivas de ônibus do sistema BHLS da Transoceânica, a ciclofaixa temporária em São Francisco, ao longo da Avenida Quintino Bocaiúva, implantada com o intuito de ser uma faixa exclusiva para o uso do ciclismo de competição, será desativada.

A APCC, que entrou em operação no dia 1 de julho, funciona no período das 4h às 6h, diariamente, no corredor de ônibus ao longo do túnel Charitas-Cafubá, em suas duas galerias, garantindo as condições de segurança viária necessárias para a prática do esporte.

spot_img
spot_img

Últimas noticias