spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #69

spot_img
spot_imgspot_img

Niterói: comércio estima aumento de 5% nas vendas no Dia das Crianças

spot_imgspot_img

Mais lidas

O Dia das Crianças está chegando, comemorado no dia 12/10, e a expectativa de venda para os comerciantes de Niterói é alta. A estimativa do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Niterói (Sindilojas Niterói) é de 5% no crescimento nas vendas em relação ao ano passado. Depois dos brinquedos, os artigos eletrônicos, roupas e acessórios também devem ter suas vendas alavancadas com a data.

Clique aqui para seguir o Errejota Notícias pelo WhatsApp

“Eu vou comprar lembrancinha para minhas duas sobrinhas. Acho que os brinquedos estão caros, então eu prefiro comprar uma lembrancinha e fazer um passeio. Acho que essa data é também comercial, então todo cuidado é pouco para não gastar a toa”, opinou Luana Peres, 39 anos.

O presidente da instituição acredita que o avanço do Programa Desenrola Brasil está permitindo que mais pessoas tenham acesso ao crédito, o que contribui para o otimismo da categoria em relação à data, uma das mais importantes para o setor. “Os brinquedos, com certeza, estarão entre os itens mais procurados com média de 50% na procura”, estima o presidente do Sindilojas Charbel Tauil.

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que 73% dos consumidores pretendem comprar algum presente para o Dia das Crianças.

Com isso, a data deve movimentar R$ 18,8 bilhões no comércio (em 2022 a movimentação estimada foi de R$ 13,7 bilhões). Em média, os consumidores pretendem comprar 2,3 presentes e gastar cerca de R$ 343 nas compras (um aumento de R$ 101 em relação a 2022).

DICA DO ESPECIALISTA
O economista Gilberto Braga, do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC) deu algumas dicas para quem quer comemorar essa data. “Começaram a ficar aquecidas no último final de semana. O que deve ajudar as vendas nesse ano é a queda dos juros e os programas de renegociações de dívidas, o que facilita a compra parcelada. O importante é sempre buscar algo que não vai comprometer o orçamento das famílias. Outra dica é um passeio em família ao ar livre, uma ida a uma praça, ou algo que faça o congraçamento da família sem pesar tanto no bolso das pessoas”, detalhou.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img