Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Niterói recebe exposição que homenageia Paulo Gustavo e Milton Cunha

spot_imgspot_img

Mais lidas

O artista visual Diego Moura abre a exposição inédita “Um dedo de arte – do digital ao orgânico”, no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, no Campo de São Bento, nesta terça-feira (08), a partir das 10h.

Conhecido por explorar uma técnica inovadora na criação de seus trabalhos, Moura apresenta 33 obras digitais. A curadoria é de Angelina Accetta. A mostra traz um mundo de cores e formas, com referências pop e surrealistas. Morador de Niterói, Moura faz uma homenagem ao humorista niteroiense Paulo Gustavo – que faleceu em maio do ano passado, em decorrência de complicações por causa da covid-19. 

“Eu sou um apaixonado por Niterói e poder expor na cidade que me acolheu é uma alegria indescritível. E é uma felicidade maior ainda poder expor a obra ‘Paulo Gustavo Presente’, num dos lugares favoritos do meu ídolo, em Niterói”, conta o artista, que desenvolveu a arte digital, em 2021, para homenagear o intérprete da Dona Hermínia, no Dia do Humor, celebrado todo 30 de outubro, data de nascimento do humorista.

Diego está empenhado em arrancar sorrisos dos espectadores. O carnavalesco e comentarista de TV, Milton Cunha, outro homenageado do artista, também terá uma obra exposta na mostra, intitulada ‘O Esplendoroso Milton Cunha’. 

O tema ‘Carnaval’ estará presente em quatro das 33 artes. 

“Quero propor ao público um passeio por algumas fases do meu trabalho, com obras que dialogam com a estética dos movimentos Pop, Surrealista e Cubista. Mas o meu grande propósito é provocar emoções positivas nos visitantes. No universo em que me imagino, as cores são como correntes de energia que se misturam para dar vida às formas que nascem em minha mente”, explica o artista.

Além de abrigar a exposição até o dia 11 de março deste ano, o Centro Cultural Paschoal Carlos Magno passará a ser a residência artística de Diego Moura, durante o período da mostra. Assim, o visitante além de conhecer parte do acervo digital, também poderá encontrar, no segundo andar, o próprio artista pintando uma de suas telas.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img