Niterói recua para bandeira amarela e flexibiliza diversas atividades

Medida será detalhada em decreto que será publicado nesta quinta-feira Foto: Divulgação / PMN

Niterói voltou, nesta semana, ao estágio amarelo do Plano de Transição para o Novo Normal. Depois de um mês de restrições mais intensas implementadas pela Prefeitura de Niterói no Período Emergencial de Prevenção à Covid-19, o indicador síntese de monitoramento do Município caiu para 9,00. Desde o dia 22 de março, a cidade vinha em estágio laranja, de atenção máxima, com o indicador chegando a 12,88 no início de abril. No dia 15 de abril, com a melhora apresentada pelos indicadores, a Prefeitura anunciou a autorização para reabertura gradual de serviços como comércio de rua, shopping centers, academias e salões de beleza.

A informação sobre a volta ao estágio amarelo foi divulgada pelo prefeito de Niterói, Axel Grael, em vídeo ao vivo na noite desta quinta-feira (29), nas redes sociais da Prefeitura. O prefeito também antecipou algumas atividades que serão retomadas na cidade e informou que será publicado no Diário Oficial deste sábado (1), todas as atividades permitidas neste período com os respectivos horários de funcionamento.

Entre os exemplos citados pelo prefeito estão os quiosques, que poderão funcionar das 8h às 18h, os bares e restaurantes buffet e a là carte, das 11h às 24h. As feiras de artesanato também poderão retomar atividades e o comércio terá horário de funcionamento ampliado. A prática de voo livre individual e em dupla será liberada de terça a sexta-feira, das 7h às 18h. Já aos sábados e domingos, apenas os voos individuais estarão autorizados no período das 7h às 14h. As igrejas poderão abrir com ocupação de 30% da capacidade. O retorno das aulas presenciais será autorizado para todos os setores da educação.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que a retomada das atividades está diretamente ligada à queda do indicador síntese de monitoramento da Covid-19, que abrange 12 dados avaliados por especialistas, como taxa de ocupação de leitos e número de casos e óbitos.

“Nós implementamos medidas duras, mas necessárias, sempre dialogando com a população e diferentes setores. A queda no indicador síntese é resultado desses esforços, que foram muito importantes para evitar em nossa cidade uma crise como a que se viu em outros locais, onde pessoas morreram esperando atendimento nos hospitais. Nesta semana, após dias difíceis para todos, Niterói está retornando à bandeira amarela. A Prefeitura segue fazendo o máximo para proteger os cidadãos e a economia de Niterói”, destacou.

A subsecretária municipal de Saúde, Camilla Franco, ressaltou que só foi possível chegar ao nível 2 do plano de transição pela colaboração dos niteroienses.

“Por isso, pedimos a todos que continuem perseverando nos protocolos sanitários, com o distanciamento, o uso de máscaras, e intensificando a higiene. Também pedimos esse comprometimento dos diferentes setores”, disse

Notícias Relacionadas