Niterói registra 90% de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19

Hospital Oceânico, em Piratininga, foi aberto exclusivamente para receber pacientes com Covid-19. | Foto: Lucas Nunes / Arquivo

A taxa de ocupação para leitos exclusivos de UTI para Covid-19 em Niterói está em torno de 90%, e cerca de 80% de leitos clínicos para tratamento da doença, seja na rede pública ou privada.

O prefeito Axel Grael reforçou que existem duas formas de combater o avanço desta doença, que é a vacinação e o distanciamento social.

‘É fundamental, neste momento, para conseguirmos manter o controle dos números da Covid-19 e evitar uma sobrecarga na rede de saúde’, disse Axel.

O secretário de Saúde, Rodrigo Oliveira, espera uma melhora nos números a partir da próxima semana.

‘Esperamos que com as medidas restritivas, nas próximas semanas a gente consiga observar esta queda. O momento é grave no País e no Estado do Rio de Janeiro, inspira preocupação e exige de nós. Mas também exige um esforço extra da população de preservar, mesmo depois de um ano de combate à pandemia, nesse momento, saindo de casa quando só for muito necessário, ficando em casa sempre que possível, para que a gente consiga, ao reduzir a circulação de pessoas, reduzir também a taxa de transmissão do coronavírus’, pontuou o secretário.

Notícias Relacionadas