Niterói registra queda nos indicadores de violência durante o carnaval

O carnaval de Niterói registrou queda acentuada nos índices de assaltos e furtos a pedestres e veículos. Os números do Observatório da Segurança de Niterói mostram uma redução de mais 50% em quase todos os indicativos de criminalidade pesquisados em relação à 2019. O roubo de aparelho celular apresentou a maior queda, de 81,25%. Todos os índices são em comparação com o Carnaval de 2019, comemorado entre 1 e 6 de março.

A comparação mostra que nos casos de roubos e furtos a pedestres, a redução foi de 52,76% e 65,38% respectivamente. Já os roubos e furtos de veículos apresentaram queda de 68,42% e 57,14%, respectivamente. A única taxa que se manteve foi de furto a celulares. Foram registradas 12 ocorrências nos seis dias de folia.

“O niteroiense pôde curtir um carnaval inesquecível na Rua da Conceição, acompanhar mais de 100 blocos no carnaval de rua nos dias de folia e curtir a vitória maiúscula da Viradouro com muita segurança e paz na nossa cidade. Tudo graças aos investimentos da Prefeitura em segurança e à integração com as forças de segurança na cidade. Esse trabalho tem que continuar, porque já temos os índices mais baixos dos últimos 15 anos”, comemorou o prefeito Rodrigo Neves.

Segundo o Secretário do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança da Prefeitura de Niterói, Gilson Chagas, em nenhum outro município do Estado a integração entre as forças de segurança está tão avançada, e isso reflete nos resultados.

“Esses números mostram, mais uma vez, que estamos no caminho certo. Em Niterói, temos o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), que monitora a cidade 24h com 600 câmeras, além do cercamento eletrônico com 70 câmeras inteligentes, uma ferramenta operada por guardas municipais que acionam o Niterói Presente e a própria Polícia Militar para que sejam feitos cercos com o agente mais próximo”, afirma.

Atualmente, dois terços do policiamento de Niterói é garantido por investimentos diretos da Prefeitura de Niterói por meio dos programas Niterói Presente e Proeis. Os dois programas são resultado de convênios da Prefeitura com o Governo do Estado, onde o Município paga uma gratificação para policiais militares que aceitam trabalhar nas ruas de Niterói nos dias de folga. No caso do Niterói Presente, há um efetivo fixo de policiais, alguns já reformados e agentes civis.

“Graças ao programa, que faz o patrulhamento preventivo, a Polícia Militar fica livre para o enfrentamento mais ostensivo a criminalidade”, reforça o secretário.

 

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.