spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #70

spot_img
spot_imgspot_img

Niterói tem mutirão contra Aedes aegypti na Grota do Surucucu

spot_imgspot_img

Mais lidas

A Prefeitura de Niterói realizou, na manhã desta quinta-feira, 14,, mais um mutirão de combate à dengue, desta vez na Grota do Surucucu, comunidade localizada no bairro de São Francisco. Na ação foram visitados 30 imóveis pela equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A iniciativa faz parte das estratégias do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento das Ações Integradas de Prevenção à Dengue, que envolvem as secretarias de Saúde, de Conservação e Serviços Públicos, as Regionais, a Companhia Municipal de Limpeza Urbana de Niterói (Clin) e a Defesa Civil.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, essa medida, em conjunto com as ações de rotina, é fundamental nesse momento em que o Estado do Rio de Janeiro enfrenta uma epidemia de dengue.

“Os mutirões envolvendo diferentes secretarias e com o apoio das associações de moradores são fundamentais nessa ampliação das medidas de prevenção ao mosquito. Além dessa ação, os agentes do CCZ continuam realizando o trabalho diário de combate à dengue”, afirmou a secretária.

Objetivo foi combater os focos do mosquito Aedes Aegypty

Ao longo da manhã, os agentes do CCZ percorrem a região vistoriando casas, comércios e ruas para identificar possíveis criadouros do mosquito e eliminá-los. Além do combate, a equipe também realizou ação educativa, orientando os moradores sobre a importância de evitar água parada e sobre as condições favoráveis à proliferação do Aedes aegypti. Também foram instaladas 16 telas em caixas d’água destampadas, que podem se tornar importantes criadouros do mosquito. Equipes da Clin realizaram a remoção de resíduos, que também são suscetíveis a tornarem-se focos de mosquitos.

O coordenador do CCZ, Fábio Vilas Boas, concluiu que o mutirão foi efetivo na orientação em relação à importância de evitar água parada, e sobre as condições favoráveis à proliferação do Aedes aegypti.

“É fundamental que a população contribua fazendo a sua parte, por isso também realizamos ações de educação, orientando os moradores sobre possíveis focos do mosquito e como evitá-los”, concluiu o coordenador.

O próximo mutirão está previsto para o dia 19, no Morro do Peixe Galo, em Jurujuba.  

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img