Rio de Janeiro,

quarta-feira, maio 25, 2022
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #48

Niterói tem risco muito baixo para Covid-19; Maricá e Saquarema estão com risco baixo

Mais lidas

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou, nesta sexta (06), o mapa de risco para Covid-19 no estado. De acordo com o mapa, as regiões em que Maricá, Niterói e Saquarema estão inclusas tem risco muito baixo para a doença.

Observando o panorama por município, Niterói é uma das quatro cidades do estado que está em “bandeira verde”, de risco muito baixo para a Covid-19. Já Maricá, Saquarema, e outras cidades do Leste Metropolitano estão em “bandeira amarela”, de risco baixo para o Coronavírus.

A análise faz a comparação da décima sétima semana epidemiológica (SE 17), de 24 a 30 de abril, com a décima quinta semana (SE 15), de 10 a 16 de abril.

“O cenário da Covid-19 no estado entra no terceiro mês em risco muito baixo para a doença. Mesmo assim, não podemos relaxar e descuidar da vacinação. Precisamos que a população que ainda não completou o esquema vacinal retorne aos postos de saúde para receber a imunização”, disse o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Estado – No período analisado, o número de internações caiu 62%, saindo de 37 internações, na SE 15, para 14, na SE 17. Os óbitos reduziram 57,1%, passando de 14 óbitos, na SE 15, para 6, na SE 17.

Os indicadores apontaram que, no período de 27 de abril a 04 de maio, a taxa de positividade para SARS-CoV-2 em testes RT-PCR foi de 3%. Nesta quinta-feira (05.05), a taxa de ocupação de leitos para Covid-19 estava em 20% para UTI e 18% para enfermaria.

A média móvel de atendimentos a casos de síndrome gripal em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), no período de 28 de abril a 4 de maio, foi de 321 pacientes ao dia, indicando uma queda de 15,9% no número de atendimentos nos últimos 14 dias.

Nesse mesmo período, a média de solicitações de internação foi de 8 pedidos, o que indica redução de 24%, e a média da fila de espera para internação foi de 8 pessoas, uma queda de 66% nos últimos 14 dias.

spot_img
spot_img

Últimas noticias