Niterói vacina mais de 40 mil cães e gatos contra raiva

vacinação cão Foto: Marcelo Casal/ Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói imunizou aproximadamente 40 mil cães e gatos contra a raiva em mais de 60 postos espalhados pelo município. A Campanha de Vacinação Antirrábica Animal 2020 terminou este final de semana, mas quem não conseguiu vacinar o cão ou gato, pode procurar um dos três pontos fixos que funcionam de segunda a sexta-feira, de 9h às 16h, durante todo o ano: Campo de São Bento, em Icaraí; Horto do Barreto, na Av. Dr. Luiz Palmier, s/n; e sede do Centro de Controle de Zoonoses, na rua Coronel Miranda, 18, Ponta D’Areia.

A vacinação ocorreu em todas as regiões da cidade, nos sábados do mês de outubro, cada dia em uma região diferente. Pendotiba foi o primeiro local a receber a campanha, no dia 3. No sábado seguinte (10), foi a vez da Zona Norte. Já no dia 24, a Região das Praias da Baía e Zona Sul receberam a vacinação. A campanha foi encerrada na Região Oceânica no último sábado (31). Os donos dos animais puderam optar, ainda, por um posto drive thru que funcionou no Caminho Niemeyer, no Centro.

De acordo com o Chefe do CCZ, o veterinário Fábio Villas Boas, a vacinação foi bastante proveitosa.

“Foram quatro finais de semana muito produtivos que fizeram da nossa campanha, apesar do momento pandêmico que vivemos, um grande sucesso. E para quem não conseguiu imunizar seu animalzinho, continuaremos a vacinar em nossos postos fixos. Aproveite desses nossos locais e proteja o seu pet. A vacina é segura e não possui contraindicações”, convocou.

É importante que a pessoa que for conduzir o animal para vacinar saiba fazer a contenção e ter autoridade sobre ele, pois isso é responsabilidade do condutor, cabendo ao vacinador apenas a aplicação da dose. Os cães que serão vacinados devem ser conduzidos por coleiras e os animais de grande porte deverão ser levados com focinheiras. Já os gatos devem ser levados em caixas de transporte ou dentro de algum tipo de bolsa, uma vez que eles se estressam facilmente e podem fugir e ferir as pessoas.

A doença – A raiva é uma doença gravíssima que apresenta quase 100% de letalidade. No meio urbano ela pode ser transmitida principalmente por cães ou gatos. Até os anos 1980 ainda havia casos de raiva humana na cidade, transmitida por cães. A partir daí, quando foram instituídas as campanhas anuais de vacinação animal, ninguém mais morreu por essa doença no município.

Notícias Relacionadas