Noite ruim para os times cariocas

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A noite desta quarta-feira (24) não foi boa para os times cariocas que entraram em campo; o Vasco venceu o Santos por 2 a 1, nesta quarta-feira (24/4), em São Januário, pela partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil, mas acabou eliminado da competição. Já o Flamengo foi derrotado por 2 a 1 pela LDU, em Quito, pela quinta rodada da fase de grupos da Taça Libertadores.

Pela Copa do Brasil, o Vasco saiu na frente logo no primeiro tempo. O Gigante da Colina começou a partida trabalhando a bola no campo defensivo, enquanto o Santos tentava pressionar a saída de bola. Aos 12, a primeira grande chance foi criada; o time paulista saiu jogando mal e Lucas Mineiro lançou Maxi López. O argentino deu de calcanhar para Raul, que tocou com categoria para abrir o placar: 1 a 0. O gol animou o Vasco, que continuou pressionando. 

Aos 31, Raul bateu de longe, a bola desviou na zaga e quase enganou o goleiro. A pressão deu resultado aos 35. Após cobrança de escanteio no segundo pau, Ricardo subiu mais que todo mundo e tocou bonito pro gol: 2 a 0.

A segunda etapa foi aos moldes da primeira… Exceto pelo gol sofrido. Aos 08, o lateral Jorge arriscou da entrada da área e marcou seu primeiro gol com a camisa santista. A pressão vascaína seguiu. Aos 13, Maxi lançou Marrony, o goleiro bateu cabeça com a zaga e o atacante ficou livre, mas bateu mal e perdeu grande chance. O Vasco pressionava e chegava no toque, mas era travado na última hora. Aos 23, Lucas Santos cruzou na área, mas a zaga afastou. Um minuto depois, Maxi recebeu na entrada da área, girou e bateu. A bola desviou e saiu.

Aos 30, Lucas Santos fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Marrony, que mandou pra fora. Aos 36, Marrony teve nova oportunidade pelo alto, mas cabeceou para fora. A torcida empurrava o time, que chegou ao terceiro gol aos 46, novamente com Ricardo, mas a arbitragem marcou impedimento. Aos 50, Maxi aproveitou erro da defesa, ficando cara a cara com o goleiro, tocou por cima, mas acabou desperdiçando.

FLAMENGO EM SITUAÇÃO DELICADA

A derrota do Flamengo deixou o time em atenção. Na próxima rodada pela competição continental, precisa ao menos empatar com o Peñarol, no Uruguai, para se classificar às oitavas de final.

No primeiro tempo, o Flamengo apostou nos contra-ataques e se deu bem aos 18 minutos. Pará cruzou da direita e encontrou Bruno Henrique, que marcou de cabeça: 1 a 0 Mengão. Foi o primeiro gol dele na Libertadores 2019. Aos 36 minutos, mais uma chance com o atacante. Ele recebeu belo passe de Gabigol e quase marcou Gabbarini fez ótima defesa. Enquanto isso, o Diego Alves segurava o placar favorável com boas intervenções. E lá na frente quase marcou novamente com Éverton Ribeiro aos 44 minutos, que acertou a trave. Aos 47 minutos, Anangonó empatou para a LDU no último lance do primeiro tempo. 

Na segunda etapa, o Flamengo seguiu apostando nos contra-ataques, mas acabou sendo castigado aos 27 minutos. Chicaiza bateu de fora da área e não deu chance a Diego Alves.

Agora, ambas as equipes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro, que começa nesse final de semana. O Flamengo pega o Cruzeiro às 21h do sábado (27) no Maracanã, enquanto o Vasco encara o Athlético-PR fora de casa às 16h do domingo (28).

Notícias Relacionadas