Novo campus do IFF Maricá é inaugurado e deve ser coração do Parque Tecnológico de Maricá

Foto: Ruy Machado

Foto: Ruy Machado

Acabou a espera. Após quase cinco anos de obras, está concluído, entregue e inaugurado o campus avançado de Maricá do Instituto Federal Fluminense (IFF). Com capacidade de 1.200 alunos, o campus deve ser o coração do Parque Tecnológico de Maricá (PqTec), de acordo com o prefeito Fabiano Horta.

“Teremos a capacidade de atrair universidades para o entorno, de formar jovens com saberes que vão ter relação com o futuro de Maricá, com a dinâmica econômica e produtiva no arranjo que a região do Leste Fluminense tem chamado para si. Esse campus é o coração de onde que a gente quer que as universidades encostem e os outros centros acadêmicos venham e a gente tenha em Maricá um grande pólo tecnológico para desenvolver empresas, indústrias e muito saber”, comentou o prefeito.

O reitor do IFF, Jefferson Manhães de Azevedo, anunciou que novos cursos devem ser implantados no campus da cidade. “Estamos com um pleito para a implantação de novos cursos. Hoje temos uma unidade avançada, que prevê 400 estudantes, mas a Prefeitura nos entrega um espaço para que tenhamos três vezes mais. Isso eleva a condição de Maricá para ser um campus pleno. Estamos atuando junto ao Governo Federal para tentar ampliar e trazer mais benefícios para toda a região”, afirmou. O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação Alexandro Ferreira de Souza esteve presente na cerimônia de entrega e participa das conversas para a instalação de novos cursos.

A secretária de Educação Adriana Luíza da Costa relembrou o histórico do campus, já que foi ela quem lançou a pedra fundamental em 2014 e, agora, entrega o novo prédio para a instituição federal. “No lançamento da pedra fundamental, o então prefeito Washington Quaquá me chamou e falou: ‘se vira e resolve esse problema do IFF. Temos que ter o IFF em Maricá’. Não dava pra esperar estar construído para a gente começar. Havíamos comprado um colégio em um bairro próximo ao Centro para ser uma escola de ensino fundamental. Fomos ousados e colocamos o IFF provisoriamente lá. Não poderíamos esperar estar construído aqui para iniciarmos as atividades. E, hoje, estamos entregando a sede definitiva do IFF”, lembra.

“Ficamos felizes como secretaria e mais felizes como educadores ao ver a felicidade dos alunos quando chegaram hoje pela manhã para ter aula aqui”, completou Adriana, citando que o prédio recebeu alunos nesta segunda para o primeiro dia de aulas letivas da instituição em 2019.

“Estou completamente realizado. Aqui pegamos um solo rochoso, o que atrapalhou a modificação, inclusive, da estrutura do prédio, da logística de área quadrada, mas o que importa hoje é a entrega. Tivemos centenas de jovens que entraram hoje para seu primeiro dia de aula e, como presidente da Somar, me sinto realizado por entregar um legado para o município. Estamos transformando os royalties de Maricá em saber, e sabemos que isso cria resistência contra as artimanhas da vida”, declarou o presidente da Autarquia de Serviços de Obras de Maricá (Somar) Renato Machado.

A obra teve um custo total de R$ 12,2 milhões. Na área de 24 mil metros quadrados (com 5.400 m² de área construída) foram erguidos um complexo pedagógico com 12 salas de aula, uma biblioteca, refeitório, laboratórios, áreas de convivência, auditório, anfiteatro e uma quadra poliesportiva coberta, além de estacionamento e até um espaço reservado para um grêmio estudantil.

(Fotos Aéreas: Gabriel Reis)

[iframe src=”https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Ferrejotanoticias%2Fvideos%2F1441681775963203%2F&show_text=0&width=560″ width=”560″ height=”315″ style=”border:none;overflow:hidden” scrolling=”no” frameborder=”0″ allowTransparency=”true” allowFullScreen=”true” ]

Notícias Relacionadas