Novo Hospital de Maricá abre na sexta-feira, Dia do Trabalhador

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, anunciou na noite de hoje, através de transmissão ao vivo pelas redes sociais da prefeitura, que a abertura do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara será no próximo dia 1º de maio, Dia do Trabalhador.

A unidade será destinada inicialmente ao atendimento aos pacientes infectados pelo novo coronavirus, entre outras medidas. A abertura contará com 25 leitos, 10 de enfermaria. Mais adiante, a cidade terá ao todo 100 leitos de UTI com respiradores, 30 no Hospital Conde Modesto Leal e outros 70 na nova unidade.

“O Che é fruto de um processo histórico, espaço que vai falar, ciência e saber. O Che representará o resgate pela vida.  Já estamos treinando as equipes, temos médicos. As internações serão via polos instalados no Centro, Itaipuaçu e Ponta Negra”, disse.

O prefeito anunciou novas medidas

Será reeditado o decreto de fechamento do comércio até 10 de maio, permitindo o funcionamento somente dos serviços essenciais estabelecidos nos decretos anteriores;

Passa a ser obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos da cidade, a partir de 4 de maio;

Em virtude do feriadão do trabalhados, será implantada barreira sanitária nos acessos a cidade, a partir de quinta. Ação permanecerá até domingo por conta do feriadão;

Até o dia 10 de maio Maricá terá plano de reabertura gradual do comércio.

Capacidade do novo hospital

O Hospital Che Guevara tem capacidade para 137 leitos, divididos entre as enfermarias clínicas, de urgência e emergência, infantis, adultas (masculinas e femininas) e de idosos (masculinas e femininas); CTIs adultas e pediátricas; isolamentos dos CTIs; leitos de inalação; leitos de internação; observação e politrauma.

Tomógrafo de última geração

Maricá será referencia no setor de imagem. De acordo com a secretária de saúde de Maricá, Simone Costa, o Hospital Dr. Ernesto Che Guevara terá um tomógrafo que nenhum hospital público possui. O aparelho é de alta complexidade que possibilitará a realização de diversos exames com identificação de pequenas lesões, mostrando detalhes e nitidez.

“Ele terá capacidade de identificar imagens em menos proporção, identificando lesões menores com mais nitidez, imagens que não conseguiríamos identificar em um tomógrafo normal, neste precocemente já conseguimos ver neste padrão de tomografia, são imagens com pequenos detalhes. Será um avanço para região”, disse a secretária.

Confira algumas imagens da área externa:

 

 

 

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.