Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Oitavas de final do Corona Saquarema Pro tem nove competidores

spot_imgspot_img

Mais lidas

Oito surfistas do Brasil e um do Peru passaram para as oitavas de final do Corona Saquarema Pro, no sábado (05) ensolarado e de praia cheia em Itaúna, Saquarema (RJ). Foi mais um dia de baterias decisivas na briga pelas vagas do Challenger Series para o World Surf League (WSL) Championship Tour de 2023.

E de show de surfe de quem já está garantido na elite, como o tricampeão mundial Gabriel Medina e Miguel Pupo, que farão um duelo de CT no domingo. A previsão é iniciar as oitavas de manhã, na mesma praia.

Na categoria masculina, o primeiro a disputar classificação para as quartas de final será o jovem pernambucano Douglas Silva. O saquaremense João Chianca está na segunda bateria e a quarta será entre dois titulares da “seleção brasileira” do CT 2023: Gabriel Medina e Miguel Pupo. Na chave de baixo, tem o carioca Lucas Silveira na quinta bateria, o peruano Lucca Mesinas na sétima e outra surpresa do Brasil – o cearense Cauã Costa – na última. Nas oitavas de final femininas, tem Laura Raupp na segunda bateria e Summer Macedo na quinta.

O saquaremense João Chianca foi um dos destaques do sábado na Praia de Itaúna. Ele achou boas direitas para mostrar o seu frontside agressivo e estabelecer um novo recorde de pontos na competição masculina do Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil. Na melhor onda, acertou duas pancadas muito fortes, abrindo grandes leques de água, para ganhar nota 7,93 dos juízes. Com ela, totalizou 15,60 pontos, superando os 15,44 do norte-americano Jett Schilling na sexta-feira, quando tirou a vitória de Gabriel Medina.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img