spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #69

spot_img
spot_imgspot_img

Ordem Pública de Maricá realizou mais de 37 mil atendimentos em 2023

spot_imgspot_img

Mais lidas

Os agentes da Secretaria de Ordem Pública e Gabinete de Gestão Institucional (Seop), da Prefeitura de Maricá realizaram 37.418 atendimentos em 2023. Somente o Disque Seop (21- 96809-1516) registrou 23.916 demandas que foram direcionadas para equipes da Guarda Municipal e do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis). As informações são mantidas sob sigilo e o serviço pode ser solicitado por qualquer cidadão todos os dias da semana, 24 horas.

A Guarda Municipal fez 13.297 atendimentos distribuídos pelos grupamentos especializados (Defesa Ambiental, Ronda Escolar, Maria da Penha, Rondas Ostensivas Municipal e Trânsito). Ações de trânsito, resgates de animais silvestres e coibição a churrascos em locais proibidos, queima de lixo, violência doméstica e pesca irregular foram os principais registros realizados no ano passado.

Os locais com mais ocorrências foram Centro, Ponta Negra, Araçatiba, Jardim Atlântico Leste, no distrito de Itaipuaçu, e São José do Imbassaí. O serviço pode ser solicitado pelo 153 ou pelo Disque Seop (21- 96809-1516).

Agentes cuidaram do ordenamento urbano/Foto: Bernardo Gomes – Ascom Prefeitura de Maricá

Já os policiais do Proeis, que fazem o policiamento ostensivo, também atuaram no apoio às ações da Guarda Municipal e aos eventos na cidade, realizando 85 atendimentos. Entre as principais ocorrências registradas estão averiguação pessoal, uso de entorpecentes, recuperação de veículos roubados e clonados, casos de lesão corporal e apoios a órgãos públicos.

O secretário Júlio Veras destaca os avanços em 2023 com a formação de novos agentes e as ações integradas com os órgãos do Estado.

“Essas ações proporcionaram o aumento da sensação de segurança e a diminuição dos índices de criminalidade no município. O grande destaque de 2023 foi o Grupamento Maria da Penha e o combate à violência doméstica. Em 2024, queremos aperfeiçoar ainda mais nossas ações e o diálogo com a sociedade”, afirmou Veras.

Monitoramento com câmeras

A Secretaria de Ordem Pública ampliou o número de câmeras de televisão de circuito fechado (passou de 238 para 488) e os equipamentos com tecnologia de Reconhecimento Ótico de Caracteres (OCR) – que passou de 39 para 64 pontos, totalizando 136 câmeras que auxiliam na identificação dos veículos irregulares.

Essas ferramentas fazem parte do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), que atua de forma integrada com as polícias Civil e Militar. Foram registradas ocorrências de veículos clonados, recuperação de veículos, furto/roubo, estelionato, homicídio e roubo de carga com 33 prisões efetuadas.

Para auxiliar nesse monitoramento, o município conta com o cercamento inteligente feito em oito módulos de segurança (bases fixas) que são acionadas pelo Ciosp, em caso de necessidade, ou pessoalmente pelo cidadão. As unidades ficam no Calaboca (entrada da cidade), Centro (em frente à rodoviária), Cajueiro (ao lado da Escola Municipal Oswaldo Lima Rodrigues), Ubatiba (entrada do IFF), São José do Imbassaí (orla do Marine), Bambuí (orla), Recanto (início da serrinha) e Santa Paula (Spar).

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img