spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #69

spot_img
spot_imgspot_img

Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Niterói será no próximo domingo, 03

spot_imgspot_img

Mais lidas

No próximo domingo, 03, a partir das 17 horas, a Praia de Icaraí vai ser palco da 17ª Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Niterói, que este ano vai apresentar o tema “Luta e (re)existência na defesa das mulheres LBTI’S”, que vai pautar e dar visibilidade à luta das mulheres cis e trans em defesa dos seus direitos. A concentração ocorrerá às 15h, na Rua Miguel de Frias, 9, em frente ao prédio da Reitoria da Universidade Federal Fluminense.

A parada é organizada pelas ONGs Grupo Sete Cores e Grupo Diversidade Niterói (GDN), com apoio da prefeitura, através da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania pela Coordenadoria de Defesa dos Direitos Difusos e Enfrentamento à Intolerância Religiosa (Codir) e de outros coletivos lgbts da cidade. A expectativa dos organizadores é de um público de cerca de 100 mil pessoas.

Terá quatro trios elétricos, sendo um exclusivo das Mulheres Lésbicas, Bissexuais e Transsexuais. Serão colocados pontos de distribuição gratuita de água para hidratação. O evento deverá ser encerrado às 21 horas.

De acordo com o coordenador da Codir, Felipe Carvalho, há 10 anos a gestão municipal estrutura e ajuda a organizar essa manifestação que é uma das maiores de Niterói.

“A parada do Orgulho LGBTQIA+ de Niterói é uma expressão legítima desta comunidade que se organiza de forma robusta na cidade há 20 anos. Esse é um momento de celebração das vitórias, de pautar as demandas ainda não resolvidas e dar visibilidade a uma pauta ainda muito marginalizada e violentada cotidianamente”, destacou Felipe Carvalho.

“A Parada LGBT de Niterói, diferente dos outros municípios do Estado, possui um cunho de ato político e resistência, além da celebração de nossas vidas. Esse ano, acompanhamos a luta árdua das mulheres, que sofreram e sofrem diversas violências. É muito importante esse tipo de voz, resistência e visibilidade que a parada proporciona à luta dos movimentos sociais.”, comenta Thiago Gisele, membro da diretoria do Sete Cores.

Esquema de trânsito

A NitTrans preparou uma operação especial para o evento, que inclui interdições de vias, proibições de estacionamento e pequenas alterações em itinerários de ônibus que passam pela Avenida Jornalista Alberto Torres. No total, 15 operadores estarão localizados em pontos chaves para orientar o trânsito, além de duas patrulhas, duas motos patrulhas e dois reboques que darão o suporte necessário.

Estacionamento Proibido – A partir das 22h do sábado (2), até às 21h de domingo (3), será proibido o estacionamento na Rua Miguel de Frias (ambos os lados), no trecho compreendido entre a Rua Gavião Peixoto e a Avenida Alberto Francisco Torres; na Rua Álvares de Azevedo (ambos os lados), no trecho compreendido entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo; e na Rua Mariz e Barros (ambos os lados), no trecho entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo.

Interdições:
No dia do evento, 3 de dezembro, haverá interdição em algumas ruas do bairro de Icaraí. Estarão interditadas as Ruas Miguel de Frias, no trecho compreendido entre a Rua Gavião Peixoto e a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres, das 13h às 17h; Rua Tavares de Macedo, entre as Ruas Álvares de Azevedo e Miguel de Frias, das 13h às 17h; Rua Gen. Pereira da Silva, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Rua Presidente Backer, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Rua Otávio Carneiro, entre a Avenida Jorn. Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Rua Belizário Augusto, trecho compreendido entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres, entre Rua Mariz e Barros e Rua Álvares de Azevedo, das 17h às 22h; Rua Lopes Trovão, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; e Rua Oswaldo Cruz, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e Rua Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h.

Desvios:
Durante a interdição da Rua Miguel de Frias, os ônibus com destino ao Centro, via Ingá, deverão trafegar pela Rua Fagundes Varela. Durante o evento, serão implantadas duas faixas reversíveis junto à ciclofaixa na Avenida Roberto Silveira, das 13h às 22h, no trecho entre a Rua Domingues de Sá e interseção da Rua Marquês do Paraná com Rua Miguel de Frias, conforme acontece nos dias de semana, durante o fim de tarde.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img