Parque Linear do Flamengo promete se tornar um atrativo turístico da cidade

Área próxima à região central, o bairro do Flamengo deve, nos próximos meses, se tornar uma das áreas mais valorizadas da cidade. Um grande projeto que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos vai revitalizar aquela área ao construir o segundo parque público a céu aberto do município.

Trata-se do Parque Linear do Flamengo, um projeto audacioso e que vai reunir diversos equipamentos esportivos e de lazer. Uma área de 10 mil metros quadrados será revitalizada. Área essa que era da União e recebeu a linha férrea que cruzava Maricá. O projeto começou a ser elaborado há três anos, e desde então todo o trâmite de cessão de terras à prefeitura começou a ser feito.

“Consultamos a população para saber o que ela queria que fosse instalado ali, e com essa consulta elaboramos o projeto em parceria com outras secretarias”, destacou Rita Rocha, secretária de Habitação e Assentamentos Humanos. As secretarias de Esporte e Lazer; Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher; Urbanismo; além da Autarquia de Serviços de Obras de Maricá.

Uma das marcas de sua secretaria é, justamente, a interlocução com a população. “Nos processos de regularização, somos a ponte entre a comunidade e a prefeitura”, lembrou Rita. E o reassentamento de famílias também está presente nesse projeto, já que oito famílias ocupam irregularmente o espaço e serão removidas para encaminhamento para locação social.

As obras no local devem durar entre oito e dez meses e será totalmente custeada pela Prefeitura de Maricá. Como a cessão da área aconteceu no final do ano passado, os trâmites legais para o  processo de licitação para a construção e instalação dos equipamentos já estão em execução.

“Nossa expectativa com esse projeto é muito grande. A obra foi pensada para as famílias, não só da região, mas para toda a cidade. O bairro do Flamengo é um bairro de conexão entre o núcleo que se estabeleceu como Centro da cidade, e o núcleo de crescimento, que é a RJ-114. É uma área de conexão entre o que existe e o que está projetado para o futuro. Daí a grande importância do projeto”, revelou Rita.

A valorização da área é aguardada pelos moradores do entorno. “Vai melhorar muito! Temos muitas crianças e idosos na região, e isso e bom para dar mais qualidade de vida a eles”, contou Regina Silva, moradora da Rua Uirapurus.

“Vimos o que foi feito no Parque Nanci. Esperamos que, no Flamengo, fique igual ou melhor”, revelou a dona de casa.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.